Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/05/2007 15:18

Três partidos pedirão mandatos de volta no STF

Os presidentes do PPS, PSDB e Democratas (ex-PFL) ingressam nesta sexta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF) com mandados de segurança para recuperar as vagas de deputados que se elegeram por essas legendas e mudaram de partido.

No entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o mandato pertence ao partido e não ao parlamentar. Por isso, quem muda de legenda poderia perder o mandato.

O presidente Arlindo Chinglia (PT-SP), no entanto, não convocou os suplentes dos parlamentares que trocaram de sigla. Ele argumentou que a perda de mandato dos deputados que trocaram de legenda não encontra respaldo constitucional, nem regimental.

O presidente do PPS, Roberto Freire não concorda com Chinaglia. "Quem perdeu foi o partido, com a cooptação de deputados pelas legendas da base. Então o parlamentar não pode alegar que perderá o mandato, já que este não o pertence", disse.

No PPS, Lucenira Pimentel (AP), Colbert Martins (BA), Veloso (BA), Neilton Mulim (RJ), Homero Pereira (MT), Ratinho Jr. (PR), Paulo Piau (MG) e Airton Roveda (PR) mudaram de sigla.

Já o PSDB foi prejudicado com a saída de sete deputados após o último pleito: Átila Lira (PI), Armando Abílio (CE), Marcelo Teixeira (CE), Vicente Arruda (CE), Leo Alcântara (CE) e Vicentinho Alves (TO).

No PFL, Sabino Castelo Branco (PTB-AM); Nelson Goetten (PR-SC); Cristiano Matheus (PMDB-AL); Laurez Moreira (PSB-TO); José Rocha (PR-BA); Tonha Magalhães (PR-BA); Jusmari Oliveira (PR-BA) e Marcelo Guimarães Filho (PMDB-BA) mudaram de partido.


Terra

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)