Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

12/12/2008 13:31

Três de cada dez municípios têm favelas

Thaís Leitão, ABr

Brasília - Pelo menos três de cada dez municípios brasileiros têm favelas, casas sobre palafitas e outras moradias consideradas precárias. Essas construções são mais freqüentes nos municípios mais populosos, conforme dados da Pesquisa de Informações Municipais (Munic), divulgada hoje (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, o percentual de municípios que relataram existência de favelas passa de 27,7% (naqueles com até 50 mil habitantes) para 70,8% dos 319 que têm entre 50 mil e 100 mil habitantes, chegando a 84,7% dos 229 municípios que têm entre 100 e 500 mil habitantes. Das 37 cidades com população acima de 500 mil habitantes, só Cuiabá informou não ter esse tipo de moradia.

Na análise por regiões, o estudo constata que as favelas são mais freqüentes no Norte e Sul, onde 41% dos municípios informaram conviver com este tipo de habitação. Em seguida, aparecem o Nordeste (32,7%), o Sudeste (29,7%) e o Centro-Oeste (19,5%).

Os loteamentos irregulares ou clandestinos estão presentes em mais da metade dos municípios brasileiros (53,2% de um total de 5.564). A maior parte deles está no Sul (62,4%) e a menor, no Nordeste (41,9%).

O estudo mostra, ainda, que as políticas públicas voltadas para a área de habitação foram executadas, nos últimos dois anos, por 80,2% das prefeituras. As Regiões Nordeste e Centro-Oeste foram as que lideraram a lista, com 85,9% e 90,8% de municípios com programas de moradia, respectivamente. Por outro lado, no Sudeste foi registrada uma proporção de 70,6%, considerada baixa pelo IBGE.

Entre os estados, conforme consta no levantamento, o Amapá obteve o menor percentual (37,5%) enquanto o Tocantins (97,8%) apresentou a maior proporção de iniciativas nessa área.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Domingo, 19 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Sábado, 18 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)