Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/12/2008 13:31

Três de cada dez municípios têm favelas

Thaís Leitão, ABr

Brasília - Pelo menos três de cada dez municípios brasileiros têm favelas, casas sobre palafitas e outras moradias consideradas precárias. Essas construções são mais freqüentes nos municípios mais populosos, conforme dados da Pesquisa de Informações Municipais (Munic), divulgada hoje (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, o percentual de municípios que relataram existência de favelas passa de 27,7% (naqueles com até 50 mil habitantes) para 70,8% dos 319 que têm entre 50 mil e 100 mil habitantes, chegando a 84,7% dos 229 municípios que têm entre 100 e 500 mil habitantes. Das 37 cidades com população acima de 500 mil habitantes, só Cuiabá informou não ter esse tipo de moradia.

Na análise por regiões, o estudo constata que as favelas são mais freqüentes no Norte e Sul, onde 41% dos municípios informaram conviver com este tipo de habitação. Em seguida, aparecem o Nordeste (32,7%), o Sudeste (29,7%) e o Centro-Oeste (19,5%).

Os loteamentos irregulares ou clandestinos estão presentes em mais da metade dos municípios brasileiros (53,2% de um total de 5.564). A maior parte deles está no Sul (62,4%) e a menor, no Nordeste (41,9%).

O estudo mostra, ainda, que as políticas públicas voltadas para a área de habitação foram executadas, nos últimos dois anos, por 80,2% das prefeituras. As Regiões Nordeste e Centro-Oeste foram as que lideraram a lista, com 85,9% e 90,8% de municípios com programas de moradia, respectivamente. Por outro lado, no Sudeste foi registrada uma proporção de 70,6%, considerada baixa pelo IBGE.

Entre os estados, conforme consta no levantamento, o Amapá obteve o menor percentual (37,5%) enquanto o Tocantins (97,8%) apresentou a maior proporção de iniciativas nessa área.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)