Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/02/2008 19:54

TRE convoca servidor de outras áreas para suprir demanda

Marta Ferreira-Campo Grande News

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul vai publica edital para requisitar servidores públicos efetivos de todas as esferas que tenham interesse em trabalhar nos Cartórios Eleitorais de Campo Grande. A ação é inédita na Justiça Eleitoral e segundo a justificativa do TRE se deve ao número insuficiente de funcionários para atender a demanda do público em ano eleitoral.
A Central Eleitoral, que atende ao público no tribunal, tem apenas seis funcionários, e só no período de dezembro de 2007 a janeiro deste ano já atendeu mais de 4,5 mil eleitores. A procura, conforme o diretor-substituto do Fórum, Hardy Waldschmidt, dobrou com a proximidade das eleições municipais.


A idéia de convocar servidores de outras áreas partiu do chefe da 36ª Zona Eleitoral de Campo Grande, Jorge Gaidarji, diante da experiência diária de enfrentar dificuldade para atender as pessoas que procuram a justiça eleitoral para solicitar algum tipo de serviço. Gaidarji enviou ofício à direção-geral do TRE, sugerindo a publicação de edital com as regras para requisição e ainda um período de inscrição para os interessados.

A necessidade é de 24 servidores, conforme o diretor-substituto do Fórum. Ele explica a base legal para a requisição de funcionários de outras áreas: “De acordo com a Lei 6.999-82 e a Resolução do TSE 20.753-00, há previsão de requisição de um servidor para cada 10.000 ou fração superior a 5.000 eleitores inscritos na Zona Eleitoral, bem como”.
O processo de requisição somente terá início com a manifestação expressa do interessado, mediante o preenchimento do formulário no ato da inscrição. Os servidores requisitados para a Justiça Eleitoral conservarão os direitos e vantagens inerentes ao exercício de seus cargos ou empregos junto ao órgão de origem.

A jornada de trabalho será de 6 horas por dia. No período dos 90 dias que antecedem as eleições até a proclamação final dos resultados poderá ser autorizada a realização de serviço extraordinário, cujo pagamento será no limite de 60 horas extras mensais. Os servidores serão requisitados para trabalhar no Fórum Eleitoral, prestando atendimento ao eleitor, acompanhamento de processos, dentre outras tarefas. A prestação de serviços será com ônus para o órgão de origem do servidor requisitado.

Onde ir - As inscrições serão realizadas na Secretaria de Gestão de Pessoas do TRE, situado na Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, nº 23, Parque dos Poderes, mediante o preenchimento do formulário e da apresentação da documentação pertinente. O período de inscrição é de 18 de fevereiro a 18 de março de 2008, de segunda a sexta-feira, das 12 às 18h. Os servidores serão requisitados pelo prazo de um ano, podendo haver prorrogação do prazo de trabalho. Poderão ser requisitados servidores públicos efetivos da União, Estados, DF e Territórios, dos Municípios e das autarquias.Não poderá ser requisitado servidor que esteja submetido à sindicância, processo administrativo disciplinar ou em estágio probatório. Da mesma forma, servidores ocupantes de cargos isolados, de cargos ou empregos técnicos ou científicos, e de quaisquer cargos ou empregos do magistério federal, estadual ou municipal.
Outras informações podem ser obtidas no site do Tribunal, o www.tre-ms.gov.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)