Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

Últimas Notícias

07/02/2018 15:20

Travestis que mataram ‘Paola Bracho’ a facadas são julgadas em MS

Midiamax

Seis pessoas acusadas pela morte da travesti Paola Bracho, 40 anos (Marciano Ferreira dos Reis), em 22 de março de 2017, em Dourados -a 225 quilômetros de Campo Grande- são julgadas nesta quarta-feira (7).

De acordo com a sentença de pronúncia, serão submetidas a julgamento seis travestis: Rarine, 27 anos, (Alex Martins Joaquim); Kimberly, 25 anos, (Gleison Venilson da Silva Martins); Julia Maravilha, 27 anos (Jullyan Luccyan de Oliveira Mendes); Vanessa, 25 anos, (Leandro Daniel da Silva Sena); Rakelly Gomes, 24 anos, (Marcelo Flávio Gomes Pinheiro); Ana Júlia Pugliesi, 18 anos (Matheus Elias Camargo Júlio).

O grupo atacou a travesti Paola Bracho, com 17 facadas, sem dar chances para defesa, por isso, foram denunciadas pelo crime de homicídio qualificado por recurso que dificultou a defesa, ataque por 6 pessoas e quando a vítima já estava caída, em concurso de agentes.
Na época, foi divulgado que Paola Bracho era suspeita de cobrar uma taxa das outras travestis da cidade para que elas pudessem trabalhar.

Conforme os boletins de ocorrência registrados na delegacia de Dourados, Paola teria saído há alguns dias do presídio e, desde então, estaria cobrando taxa para que as colegas pudessem trabalhar nas ruas. O registro pela ameaça e extorsão foi feito por volta das 23 horas, pouco antes do homicídio

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Agosto de 2018
Domingo, 19 de Agosto de 2018
09:00
Santo do dia
Sábado, 18 de Agosto de 2018
09:00
Santo do dia
Sexta, 17 de Agosto de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)