Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/02/2014 10:40

Travesti assumiu execução de policial para aliviar situação do irmão

Graziela Rezende, Campo Grande News

Na fase de conclusão do inquérito policial que investiga a morte do investigador Dirceu Rodrigues dos Santos, 38 anos, a Polícia já descobriu que o autor dos disparos foi Alexandre Gonçalves Rocha, 19 anos. Em um primeiro depoimento, Alexsandro Gonçalves Rocha, a Alexia 21 anos, confessou o crime na intenção de “aliviar a barra” do irmão, já que Alexandre respondeu por um homicídio, quando adolescente infrator.

Assim que levados em flagrante para a 5ª delegacia de Polícia, Alexsandro disse ser o atirador. No entanto, com a realização do exame residuográfico (aquele que verifica a existência de pólvora nas mãos), além de verificar a altura aproximada do corpo do atirador e demais contradições, a Polícia constatou que Alexsandro estava mentindo. Ele também possui um antecedente em flagrante por roubo e agora responde pela participação no homicídio do policial.

“Vamos encaminhar o inquérito na sexta-feira, que é o prazo de conclusão. Mas vamos continuar com os autos complementares, já que ainda faltam esclarecer detalhes como saber se o preso que estava no carro, aos cuidados do Dirceu, estava algemado, o que chamou a atenção dele para descer do carro e socorrer o Osmar, além do momento em que Alexandre reagiu e atirou nele”, afirma o delegado Jairo Carlos Mendes, titular da 5ª Delegacia de Polícia.

Reprodução – Para esclarecer outras dúvidas, a Polícia ainda apurou que Dirceu estava com um preso no carro, enquanto Osmar desceu para recuperar a jóia roubada. Ele então, conforme testemunhas, teria escutado um grito ou um pedido de socorro, quando desceu para ajudar o amigo policial e foi alvejado.

Dirceu foi baleado com dois tiros na testa e na nuca, há seis dias, no bairro Campo Nobre, em Campo Grande. O bando ainda levou o carro onde ele estava, segundo informações preliminares. Ele investigava com Osmar o roubo de jóias, sendo só uma corrente avaliada em R$ 80 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)