Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/07/2009 09:32

Transmissão da gripe suína é inevitável, diz Mandetta

João Humberto, Campo Grande News

O secretário municipal de Saúde Luiz Henrique Mandetta, em entrevista ao programa de rádio Tribuna Livre, da FM Capital, disse que “pela ordem natural das coisas a cadeia de transmissão deve se estender e registrar mais casos”.

Ele considera a gripe suína como qualquer outra gripe que enfrenta ciclos intensos. Mas, de acordo com ele, “vai passar, assim como passaram as outras”.

A diferença dessa gripe para as outras é que o vírus é novo e desde o início o Ministério da Saúde começou a contar caso a caso. “Aí as complicações começaram a se materializar. Isso trouxe sensação de segurança coletiva, que faz a população pensar que essa gripe é pior que as outras”.

A recomendação, no entanto, é que os pais que tem filhos que estudam em colégios fiquem atentos para se precaver. “Caso a criança esteja gripada, não deverá ir à escola”, declarou o secretário.

Para Mandetta, os casos registrados em Campo Grande são considerados normais, pois não há um “novo elemento” circulando com alta intensidade. “Estamos trabalhando com cenário otimista”.

Com chegada da primavera, em setembro, o clima deve ficar mais quente e a gripe vai “diminuir drasticamente”, de acordo com Mandetta. “A umidade relativa do ar tem a ver com a contaminação, principalmente no frio”.

Por isso, o secretário torce para que a umidade relativa do ar fique acima de 31%, pois a baixa umidade e a fuligem fazem com que os quadros de gripe aumentem.

Na semana passada, Mandetta se reuniu com a secretária de Estado de Saúde, Beatriz Dobashi, e também com equipes da Capital, Três Lagoas e Dourados.

“Discutimos cenários, até porque achamos que existe muita informação para que os pais, principalmente, tenham informação avançada”.

Atualmente, o Estado já registrou seis casos da doença, contudo, a Saúde aguarda o laudo de 19 casos suspeitos na Capital. “Esse número é muito baixo e não espelha a realidade. Esse número deve ser maior”.

Cuidados - Mandetta também frisou que alguns cuidados precisam ser tomados como: lavar as mãos sistematicamente, evitar lugares fechados, proteger o rosto quando for espirrar, não circular perto de pessoas com sistema imunológico baixo, entre outros.

Sobre a produção da vacina em combate à gripe suína, o secretário diz que os laboratórios americanos e os europeus estão travando disputa para ver quem sai na frente. No Brasil, a UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) é referência no país.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)