Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/11/2011 10:25

Transexuais e travestis são mais vulneráveis

Daniel Mello, Agência Brasil

São Paulo – Travestis e transexuais são maioria entre as pessoas que procuraram o Núcleo de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (Nept) da Secretaria de Estado da Justiça de São Paulo. Entre os 154 atendimentos prestados pelo Nept neste ano, 110 foram para travestis ou transexuais. A coordenadora do órgão, Juliana Felicidade Armede, diz que esse “é um grupo de risco vulnerável” à exploração devido ao preconceito.

A situação é agravada, segundo Juliana, porque São Paulo tem uma série de fatores que contribuem para a exploração sexual. Entre os atendimentos do Nept neste ano, 117 foram referentes a esse tipo de abuso. Segundo ela, o estado tem uma malha rodoviária que possibilita a prostituição.

O grande movimento facilita, de acordo com a coordenadora, o aliciamento de pessoas de municípios do interior paulista, como Sorocaba, Campinas e Registro, e de de outras partes do país. “Temos pessoas vindo de outros estados.”

No caso de transexuais, São Paulo tem atrativos adicionais para esse grupo. Muitas vezes, essas pessoas não têm seus direitos respeitados nas regiões de origem. “A pessoa não é respeitada nem sequer admitida no seu seio familiar”, assinala Juliana.

Muitos transexuais que decidem se mudar para São Paulo se endividam com aliciadores para pagar as despesas de viagem. Sem família ou amigos, essas pessoas acabam sem ter a quem recorrer e são submetidas à prostituição para saldar as dívidas.

Edição: João Carlos Rodrigues

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)