Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/02/2013 10:41

Tragédia faz com que clientes reflitam mais

G1

Após a tragédia ocorrida em uma boate de Santa Maria (RS), os frequentadores de casas noturnas e bares têm se mostrado mais preocupados com eventuais fatalidades e estão mais atentos à segurança dos estabelecimentos. Nos comércios noturnos de São Carlos (SP), o assunto gira em torno dos cuidados e do que deve ser feito para prevenir. De outro lado, Prefeituras e Bombeiros intensificam a fiscalização.
Alguns detalhes que não chamavam a atenção dos fregueses, não passam mais despercebidos. O físico Diego Lencione disse que prioriza lugares que não estejam muito cheios e sejam mais abertos. "Agora é o que a gente prefere frequentar, com certeza", falou.
Tragédias como a ocorrida em Santa Maria são marcantes e trazem lições. “Nós que ficamos, temos que cobrar de toda a sociedade responsabilidades, temos que ser responsáveis por nós e pelos outros”, disse o médico Flávio Costa.

Mas dentro desses momentos, outros questionamentos importantes também surgem. Até quando a gente vai ficar sob o rugir desses tambores que nos dizem a todo momento que vai acontecer de novo? O mundo inteiro deve estar preparado para esse tipo de coisa, mas se você perde um alguém querido numa dessas, como faz?”, desabafou o médico José Roberto Alvarez.
Fiscalização
Em Araraquara (SP), a fiscalização em boates está mais rígida. O Corpo de Bombeiros em parceria com a Prefeitura fez diversas vistorias e encontrou algumas irregularidades. Seis casas noturnas foram notificadas.

“Foram encontrados vários tipos de irregularidades, como a mudança nas características que foram aprovadas anteriormente. A falta de apresentação de documentos, materiais e equipamentos de revestimento, como piso, forro e parede, que devem ser antichamas”, informou o comandante do Corpo de Bombeiros, Alexandre Luís dos Santos.
Segundo Santos as irregularidades encontradas são possíveis de serem resolvidas e não existe nada tão grave a ponto de ser feita uma interdição imediata.

Araras
A Prefeitura de Araras (SP) deve publicar no Diário Oficila de domingo (3) um decreto suspendendo o alvará concedido a estabelecimentos que realizam festas, bailes, shows e eventos sociais. Os donos terão que apresentar toda a documentação exigida por lei para regularizar a situação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)