Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

03/02/2013 10:41

Tragédia faz com que clientes reflitam mais

G1

Após a tragédia ocorrida em uma boate de Santa Maria (RS), os frequentadores de casas noturnas e bares têm se mostrado mais preocupados com eventuais fatalidades e estão mais atentos à segurança dos estabelecimentos. Nos comércios noturnos de São Carlos (SP), o assunto gira em torno dos cuidados e do que deve ser feito para prevenir. De outro lado, Prefeituras e Bombeiros intensificam a fiscalização.
Alguns detalhes que não chamavam a atenção dos fregueses, não passam mais despercebidos. O físico Diego Lencione disse que prioriza lugares que não estejam muito cheios e sejam mais abertos. "Agora é o que a gente prefere frequentar, com certeza", falou.
Tragédias como a ocorrida em Santa Maria são marcantes e trazem lições. “Nós que ficamos, temos que cobrar de toda a sociedade responsabilidades, temos que ser responsáveis por nós e pelos outros”, disse o médico Flávio Costa.

Mas dentro desses momentos, outros questionamentos importantes também surgem. Até quando a gente vai ficar sob o rugir desses tambores que nos dizem a todo momento que vai acontecer de novo? O mundo inteiro deve estar preparado para esse tipo de coisa, mas se você perde um alguém querido numa dessas, como faz?”, desabafou o médico José Roberto Alvarez.
Fiscalização
Em Araraquara (SP), a fiscalização em boates está mais rígida. O Corpo de Bombeiros em parceria com a Prefeitura fez diversas vistorias e encontrou algumas irregularidades. Seis casas noturnas foram notificadas.

“Foram encontrados vários tipos de irregularidades, como a mudança nas características que foram aprovadas anteriormente. A falta de apresentação de documentos, materiais e equipamentos de revestimento, como piso, forro e parede, que devem ser antichamas”, informou o comandante do Corpo de Bombeiros, Alexandre Luís dos Santos.
Segundo Santos as irregularidades encontradas são possíveis de serem resolvidas e não existe nada tão grave a ponto de ser feita uma interdição imediata.

Araras
A Prefeitura de Araras (SP) deve publicar no Diário Oficila de domingo (3) um decreto suspendendo o alvará concedido a estabelecimentos que realizam festas, bailes, shows e eventos sociais. Os donos terão que apresentar toda a documentação exigida por lei para regularizar a situação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)