Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/06/2005 13:06

Trabalho infantil em MS caiu 64,5% em 8 anos, diz IBGE

Aline Rocha / Campo Grande News

O trabalho infantil em Mato Grosso do Sul apresentou queda de 64,5% nos últimos oito anos, conforme aponta pesquisa de Amostra por Domicílios (Pnad 2003) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os números indicam que de 1995 para o ano de 2003 o os casos de registro de trabalho infantil caiu de 68,6 mil para 24,3 mil.
Em Mato Grosso do Sul, o Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) existe desde o ano de 1996. Em todo Brasil, a redução de crianças e adolescentes entre 5 e 15 anos que trabalhavam caiu 47,5%. De acordo com a pesquisa, a mão-de-obra infantil nessa faixa etária diminuiu de 5,1 milhões para 2,7 milhões.
Mato Grosso do Sul foi o segundo estado com maior redução. O primeiro foi o Rio de Janeiro, , que passou de 115 mil para 38,7 mil, queda de 66,4%. Conforme o IBGE, apenas no estado de Roraima o trabalho infantil aumentou nesse período, passando de 1.874 para 4.068, o equivalente a 117%.
A região nordeste foi a que registrou o maior índice de trabalho infantil: 11,2% das crianças e adolescentes trabalham. A menor taxa está na região sudeste, onde 4,4% trabalham, abaixo da média nacional, que é de 7,5%. Com informações da Agência Brasil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)