Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/08/2015 19:00

Trabalhar com o que gosta ou ganhar bem?

Catho

 

Este parece ser um dos maiores dilemas de quase todos os profissionais, afinal o que vale mais a pena, ter um bom salário ou trilhar uma carreira na área preferida? Parece ser uma questão fácil, mas envolve muitas questões, mesmo porque o trabalho é um elemento que interage com todas as áreas da vida de uma pessoa, desde questões fisiológicas até as de realizações pessoais.

As antigas gerações de profissionais não levavam em consideração a satisfação com um emprego, mas os milhares de profissionais que ingressam no mercado de trabalho a cada dia, normalmente estudaram mais e se prepararam para uma profissão desde a escola, desta forma estar familiarizado e a vontade com áreas de trabalho tem se tornado cada vez mais comum.

Quais as características de um emprego dos sonhos?

O resultado de uma pesquisa realizada pela Catho mostrou que 81,1% dos entrevistados preferem trabalhar com o que se gosta mesmo ganhando um pouco menos, contra 18,9 que optam por ganhar mais mesmo que não se trabalhe com o que gosta.

Esta mesma pesquisa revelou que o emprego dos sonhos para os entrevistados possui alguns pontos essenciais, entre os mais citados destacam-se: oferecer qualidade de vida para 43,4%, ter horário flexível para 13,2%, e ter autonomia em decisões para 12,9%. O que mostra que cada vez mais os profissionais buscam por oportunidades que os favorecem não apenas no âmbito financeiro.

Pensar em retorno financeiro está errado?

Por mais que gostar do que se faz tenha ganhado força, muitos profissionais ainda se perguntam se esta é a escolha correta. Na verdade não existe uma sentença que se aplica a todos os profissionais, mas normalmente as pessoas que trabalham com o que se gosta são mais felizes e consequentemente mais produtivas.

Ser bem-sucedido financeiramente é sim uma preocupação de 10 entre 10 profissionais, por isso, pensar em ter boa remuneração é compreensível e não há nenhum problema neste cenário. O problema é pensar apenas em dinheiro, é errado planejar uma carreira apenas em um motivo seja ele qual for.

Afinal uma área que possui excelente retorno financeiro hoje, estará na mesma situação daqui a 10 anos? Uma profissão que o faz feliz, te deixará satisfeito daqui a 15, 20 anos? É preciso pensar em vários cenários e ter visão de futuro. Mais do que isso, uma carreira deve ser planejada para que não haja frustrações e arrependimentos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)