Cassilândia, Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

26/06/2018 08:40

Trabalhadores tem até sexta-feira para sacar o PIS/ Pasep

Campo Grande News

Trabalhos do Estado que ainda não sacaram o benefício do PIS/Pasep ano-base 2016, tem até esta sexta-feira (29) para sacar o beneficio. Em Mato Grosso do Sul, 26.745 moradores tem direito a receber o abono salarial. Para ter direito é necessário o beneficiário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2016 com remuneração média de até dois salários mínimos.

Além disso, o trabalhador tinha de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais). Nessa fase, os pagamentos também serão feitos para quem tem mais de 57 anos e trabalhou entre 1971 e 1988. Por meio de um decreto e a sanção de uma lei, o presidente da República, Michel Temer, permitiu a ampliação desses pagamentos, antes apenas disponíveis em caso de aposentadoria ou para trabalhadores com mais de 60 anos.

Segundo calendário divulgado pela Caixa Econômica e pelo Banco do Brasil (veja ao lado), os pagamentos serão interrompidos em julho e voltarão em agosto. Isso ocorrerá porque o fundo sofrerá um reajuste, o que vai valorizar ainda mais os recursos disponíveis aos trabalhadores. Entre agosto e setembro, os pagamentos voltam a ser feitos, já com valores reajustados, para todas as idades. Após setembro, os recursos voltam a ficar disponíveis apenas para quem tem 60 anos ou mais.

A exemplo dos saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), ocorrido ano passado, a expectativa é que a ampliação da idade de pagamentos do fundo PIS/Pasep também ajude a aquecer a economia. Mais de 28 milhões de pessoas serão impactadas diante dos R$ 34,3 bilhões disponíveis para saques.

Serviço - Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa. O banco disponibiliza uma página para que o trabalhador consulte se tem direito a receber o valor. Para isso, é preciso informar o número do PIS (geralmente registrado na carteira de trabalho) e digitar a senha. Quem não tem senha, pode cadastrar uma na página de consulta.

Já os funcionários públicos, a referência é o Banco do Brasil. O banco disponibiliza um aplicativo que precisa ser baixado e instalado para que o trabalhador consulte se tem direito e o valor do benefício.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 18 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 17 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:51
Cassilândia
09:00
Santo do dia
Domingo, 16 de Dezembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)