Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/09/2007 11:44

Trabalhadores dos Correios convocam assembléia

Clara Mousinho/ABr

Brasília - Trabalhadores grevistas dos Correios se reúnem hoje (17) em todo país para decidir a agenda de negociação com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A categoria não aceitou a proposta da diretoria dos Correios de abono de R$ 400 e inclusão dos pais dos funcionários no plano de saúde. A assessoria de imprensa dos Correios confirmou também para hoje que a estatal vai levar a greve para ser julgada no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Os funcionários dos Correios estão em greve desde a última quarta-feira (12). A categoria pede uma reposição salarial de 47,77%, um aumento líquido de R$ 200 no salário dos trabalhadores, adicional de periculosidade e melhores condições de trabalho. A assessoria de imprensa dos Correios informou que 12 mil carteiros, 1 mil operadores de carga e 386 motoristas estão paralisados. Esse total representa 20% do efetivo.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos do Distrito Federal, Moysés Leme Silva, afirmou que a proposta da ECT não supre as necessidades da categoria. “Na verdade a inclusão dos pais já existia. Eles tiraram o que a gente tinha e falaram que agora vão devolver. O que a gente quer é avançar nas causas econômicas”.

De acordo com a assessoria de Imprensa dos Correios, a empresa vai ajuizar hoje, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), uma ação de dissídio coletivo, que é a conciliação judicial para questões que não puderam ser solucionadas pela negociação direta entre as partes.

De acordo com Silva, os funcionários paralisados não suspenderão a greve por causa da ação judicial. “O Comando Nacional de Negociação orientou até a presente data, a continuidade da greve. A gente vai manter a greve até segunda ordem do comando”.

De acordo o representante do Comando de Negociação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect), José Gonçalves, não há nenhuma nova reunião agendada entre a ECT e os comando de greve.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)