Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/01/2009 10:56

Trabalhadores aprovam redução de salário

Flávia Albuquerque , ABr

São Paulo - Os 2.799 funcionários dos setores de produção e administração da MWM Motores, na zona sul de São Paulo, aceitaram na manhã de hoje (29) o acordo para redução de jornada de trabalho e salário proposto pela empresa para evitar a demissão de 700 trabalhadores. A jornada terá a redução de um dia de trabalho na semana e o salário sofrerá a redução de 17,5%. O acordo vale por três meses e ao término desse período os empregados terão a garantia de estabilidade por quatro meses e meio.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi, Miguel Torres, a proposta inicial da empresa era a de reduzir tanto jornada quanto salário em 25%, e não garantir estabilidade, o que foi rejeitado pela comissão de funcionários e pelo sindicato. “A lei permite isso, mas nós orientamos os funcionários a não aceitarem acordos que não incluam a estabilidade. Além disso, exigimos que a empresa nos apresente documentos que comprovem a queda da produção, faturamento e diminuição de contratos”, disse.

Torres informou ainda que todos os benefícios foram mantidos e que o acordo não impactará nas férias e no 13º salário. As negociações vinham sendo feitas desde novembro, quando a empresa já apresentava problemas de produção. “Eles usaram todos os recursos possíveis para minimizar os problemas, como banco de horas e férias coletivas. Os funcionários voltaram no dia 12 com a notícia das dificuldades. Esse foi o último recurso que encontramos para manter os empregos”.

Na tarde de hoje, os funcionários da fábrica de autopeças Sabó, na zona oeste da cidade, realizam assembléia para discutir proposta semelhante.

Ontem (28), os trabalhadores da Valeo Sistemas Automotivos, fabricante de faróis e lanternas localizada na zona sul da capital paulista, aprovaram a proposta de redução da jornada de trabalho e de salário, com garantia de emprego. A partir de 1º de fevereiro, a jornada será reduzida em um dia de trabalho por semana e os salários, em 15%. O acordo vale por três meses e garante estabilidade no emprego até 45 dias após o final deste prazo. O acordo negociado é válido para os cerca de 800 trabalhadores da produção e do setor administrativo.





Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)