Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/03/2007 07:47

Torcedor do Palmeiras tem habeas-corpus negado no STJ

STJ

O torcedor do Palmeiras Alessandro Almeida Borges Pereira deve continuar preso pela morte do corinthiano Marcos Gabriel Cardoso Soares, ocorrida no dia 2 de maio de 2004. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou habeas-corpus em que ele pedia o direito de responder em liberdade ao processo em que foi condenado a 14 anos, 4 meses e 24 dias de reclusão. A morte foi resultante de uma briga de torcida e o réu responde por homicídio triplamente qualificado.

Alessandro foi pronunciado ao júri juntamente com o torcedor Edmilson José da Silva. Segundo a denúncia, os palmeirenses encurralaram três torcedores corinthianos próximo à Avenida Pacaembu, na cidade de São Paulo e, na briga, acabaram matando Marcos Cardoso. Na época, o presidente da torcida “Mancha Verde”, Jânio Carvalho Santos, chegou a ser denunciado pelo crime, mas não houve prova de sua participação.

A defesa alegou ao STJ excesso de prazo na formação da culpa, bem como ausência de culpa no crime. Para a Sexta Turma, a prisão está motivada na necessidade de preservação da ordem pública, não havendo constrangimento ilegal no decreto. O relator, ministro Paulo Galloti, acentuou que a periculosidade do paciente se registra pelo simples fato de o réu agredir uma pessoa de torcida diversa a paus, socos e pontapés até levá-la à morte.


Autor(a):Catarina França

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)