Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/03/2009 15:02

Toma posse o novo comandante da PMA

PMA

Campo Grande (MS) – Tomou posse na manhã de hoje (3) o novo comandante da Polícia Militar Ambiental (PMA), o major Carlos Sebastião Matoso Braga. O comando foi passado a ele pelo o tenente-coronel José Augusto Castro Bernardes.


A solenidade aconteceu na sede do 15º Batalhão da Polícia Militar Ambiental, localizado na Avenida Mato Grosso, no Parque das Nações Indígenas, na Capital, com a presença do governador André Puccinelli; secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini; do comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Geraldo Garcia Orti; do secretário de Estado do Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac), Carlos Alberto Said Negreiros; do superintendente do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, Roberto Gonçalves; da promotora de Justiça do Meio Ambiente, Marigô Bittar, dentre outras autoridades.



Ao som da banda de música da Polícia Militar, a tropa da PMA, em forma, desfilou para o novo comandante e as autoridades presentes. O ex-comandante agradeceu, em seu discurso, ao empenho de todo o efetivo e agradeceu as autoridades a oportunidade de comandar o 15º Batalhão de Polícia Militar Ambinetal.



Em seu discurso, o governador parabenizou e agradeceu o trabalho do ex-comandante ao longo de dois anos em que esteve a frente da PMA e agradeceu os policiais militares ambientais pelo empenho como guardiões do meio ambiente.



Ao novo comandante, o governador ensejou sucesso na administração da PMA e finalizou dizendo a todos: “Preservemos o nosso pantanal, preservemos nossos rios, nossas belezas naturais e sucesso ao novo comandante”.

Ainda na ocasião, o governador André Puccinelli repassou à PMA diversos materiais adquiridos pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato grosso do Sul (Imasul), por meio do fundo de compensação ambiental. O recurso vem da Companhia Energética do Estado de São Paulo (CESP) diante dos impactos causados pela Usina Hidrelétrica Sérgio Motta, também chamada de Porto Primavera, na foz do rio Ivinhema e deverão ser utilizados no combate aos crimes ambientais na bacia do rio Paraná.

No total, pouco mais de R$ 680 mil foram alocados para aquisição de cinco caminhonetes, cinco motos, sete barcos, uma lancha, sete motores de popa, oito aparelhos GPS, entre outros equipamentos, utilizados no patrulhamento dos rios do Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)