Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/06/2014 09:16

TJMS promove o juiz Amaury Kuklinski como desembargador

Campo Grande News

O juiz Amaury da Silva Kuklinski, titular da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, será o próximo desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. O magistrado irá ocupar a vaga deixada pelo Des. Josué de Oliveira, que se aposentou no dia 21 de maio.

A votação dos componentes do Tribunal Pleno para a posse de Amaury aconteceu na sessão desta quarta-feira (4). O novo desembargador será empossado na próxima quarta-feira, dia 11 de junho, às 17 horas, no Palácio da Justiça Leão Neto do Carmo.

Questionado sobre o que se pode esperar do Des. Kuklinski, o magistrado explicou que o trabalho será realizado da mesma forma. “Continuarei com o a mesma linha de atuação independente, característica minha desde que ingressei na magistratura, sempre mantendo o bom tratamento a servidores e advogados”, destacou.

Para ele, atuar no Tribunal de Justiça não será um desafio, mesmo tendo judicado sozinho por 29 anos. “O trabalho em equipe era território desconhecido até atuar no TRE/MS, pois lá a turma julgadora era composta de seis integrantes. O que pode haver é um estranhamento inicial, porque em segundo grau a forma de processamento dos autos é diferente, tem sistema distinto, mas considero isso um detalhe técnico, uma aprendizagem inerente à nova função”, completou.

Amaury da Silva Kuklinski é gaúcho de Barra do Ribeiro, formado pela Universidade Federal de RS em 1983. Em fevereiro de 1988 ingressou na magistratura sul-mato-grossense, como juiz substituto da 1ª circunscrição.

Em junho do mesmo ano, foi promovido a juiz de 1ª entrância e atuou em Bataguassu. Em abril de 1989, foi promovido para 2ª entrância e judicou na 2ª Vara de Maracaju.

Em maio de 1998 tornou-se juiz de entrância especial e assumiu a 5ª Vara Cível de Dourados. Em setembro do mesmo ano foi removido para a Vara de Falências e Concordatas da Capital, onde ficou até novembro de 2009, quando foi novamente removido para a Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)