Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/05/2006 17:18

TJMS nega recurso a acusados de extorsão contra prefeita

TJMS

Com uma decisão monocrática, o desembargador Luiz Carlos Santini negou provimento ao agravo nº 2006.007656-4 impetrado por A.R.M.F., A.C.C.B., M.G., O.D.L. e Z. G.de S., inconformados com decisão proferida pelo juízo da comarca de Brasilândia, que indeferiu liminar e não permitiu que os mesmos voltassem a ocupar as cadeiras de vereadores na cidade de Santa Rita do Pardo. Os vereadores afastados são acusados de extorsão contra a prefeita daquela cidade.

Para indeferir o recurso, o desembargador apontou a falta de autenticação mecânica na guia de recolhimento entregue na interposição do agravo. Da decisão cita-se: “(...) Ocorre que a guia de recolhimento do preparo não contém autenticação mecânica e o documento de folhas 477 não prova que houve o pagamento, apresentando-se, portanto, o recurso deserto. Assim sendo, por se apresentar manifestamente inadmissível, nego seguimento ao agravo, com fulcro no art. 557, caput, do Código de processo Civil”.

Fatos – No dia 19 de maio, a juíza da comarca de Brasilândia indeferiu liminar e manifestou-se assim: “Compulsando os autos, constata-se que os impetrantes foram afastados através de resolução, porque foram presos em flagrante pela prática de ilícito penal. O afastamento dos impetrantes foi embasado no art. 80, § 2º, do Regimento Interno da Câmara Municipal. Ao contrário do dito pelos impetrantes, o afastamento não versa sobre normas de julgamento, mas apenas de um ato previsto em lei interna que visa propiciar tranqüilidade para a apuração da denúncia. (...) Portanto não se verifica ilegalidade nesse ato. Sobre o fato de serem membros da mesa diretora, tem-se que não é o caso porque houve eleição de outra mesa diretora. (...) Desta feita, não se verifica no caso presente os requisitos legais que autorizam a concessão da medida liminar, motivo pelo qual é indeferida”.

Autoria do texto:

Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)