Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

12/04/2011 07:56

TJMS julga procedente intervenção em município

TJMS

Por unanimidade e com o parecer, os desembargadores do Órgão Especial julgaram procedente o pedido de intervenção estadual interposto por A.S.F. e outros em face do município de Coronel Sapucaia, proveniente do precatório de requisição de pagamento expedido em 2008 pelo requerente no valor de R$ 25.975,76.

O município havia recebido a requisição de pagamento no mesmo ano, porém,não realizou a devida quitação de débito. Devidamente cientificado, o Município permaneceu inerte, deixando de ofertar qualquer justificativa.

O relator do processo, Des. Paschoal Carmello Leandro, dispôs em seu voto que “no caso, o pedido de intervenção se fundamenta no descumprimento do art.35, IV, da Constituição Federal”.

O art. 35, IV, da Constituição Federal dispõe que: “O Estado não intervirá em seus Municípios, nem a União nos Municípios localizados em Território Federal, exceto quando: IV - o Tribunal de Justiça der provimento a representação para assegurar a observância de princípios indicados na Constituição Estadual, ou para prover a execução de lei, de ordem ou de decisão judicial.”

Com base neste artigo, o desembargador relatou que “este Tribunal reiteradamente tem decidido pela decretação de intervenção em caso de não-pagamento de precatório quando o município não realiza o pagamento no prazo legal, tampouco apresenta justificativa para o descumprimento da determinação judicial”.

Assim, “o não-pagamento de precatório caracteriza descumprimento de ordem judicial, impondo-se no acolhimento de pedido de intervenção estadual no município”.

Autoria do Texto:Assessoria de Imprensa

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)