Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Últimas Notícias

18/12/2007 18:58

TJMS imprime último Diário da Justiça em papel

TJMS

Os assinantes do Diário da Justiça do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul terão, a partir do dia 7 de janeiro de 2008, somente a forma eletrônica da publicação, que será totalmente gratuita. O acesso continuará sendo pelo site do TJMS (www.tj.ms.gov.br).
Depois de uma longa história, hoje, 18 de dezembro de 2007, foi impressa a última edição em papel. Antigamente, os atos do Poder Judiciário Estadual eram publicados em uma sessão do Diário Oficial, e assim foi até o ano de 1986, quando o Diário da Justiça passou a ser um encarte do Diário Oficial do Estado, cuja impressão era feita pela Imprensa Oficial de Mato Grosso do Sul.

No dia 29 de janeiro de 2001, o Diário da Justiça passou a ser produzido pelo próprio Tribunal de Justiça, com tecnologia gráfica a laser. Antes disso era impresso no sistema off-set. Agora, do dia 7 de janeiro de 2007 em diante, haverá apenas a versão on-line.

Para os advogados, isso significa modernidade; para o TJ, economia com custos de impressão e papel. Desde que a versão passou a ser gratuita, em 1º de agosto de 2007, o número de assinaturas em papel teve uma queda de 58%, e cada exemplar custa para o usuário R$ 2,00.

Para a administração do TJ, tornar o Diário totalmente on-line e gratuito visa a facilitar o acesso da população aos atos judiciais. O Poder Judiciário Sul-mato-grossense já disponibiliza pela internet diferentes serviços aos cidadãos, e a publicidade gratuita do Diário da Justiça - instrumento de comunicação oficial, de publicação e de divulgação dos atos judiciais e administrativos - proporciona o acesso à informação que atende ao interesse coletivo.

Entre as diferenças da versão eletrônica e a de papel está o fato de o Diário estar disponível diariamente na tarde do dia anterior à data de sua validade. O prazo processual da publicação eletrônica é o mesmo da versão impressa, sendo que neste caso é válido o primeiro dia útil seguinte ao da disponibilização no site.

O servidor José Carlos de Medeiros, Técnico em Artes Gráfica, que trabalha na gráfica do Tribunal de Justiça desde o início das atividades, diz que o fim da impressão do Diário significa que o judiciário está acompanhando a modernização. “Olhando para o futuro, além da conquista de novas tecnologias, é importante também destacar que isso significa economia ecologicamente correta, sem o uso do papel”, completa Medeiros.

Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Abril de 2017
Terça, 25 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)