Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/01/2014 07:38

TJMS empossa 15 novos juízes substitutos

TJMS
Foto TJMSFoto TJMS

Com o plenário repleto de autoridades, familiares e amigos, na tarde desta quarta-feira (22) foram empossados os 15 novos magistrados do Poder Judiciário sul-mato-grossense: Ana Carolina Miranda de Oliveira, André Ricardo, Cézar Fidel Volpi, Evandro Endo, Fábio Kaiut Nunes, Francisco Soliman, Guilherme Henrique Berto de Almada, Idail de Toni Filho, Jessé Cruciol Júnior, Melyna Machado Mescouto Fialho, Rafael Gustavo Mateucci Cassia, Roberto Hipólito da Silva Júnior, Valter Tadeu Carvalho, Victor Curado Silva Pereira e Vitor Dias Zampieri.

Em seu discurso, o presidente da Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul (Amamsul), juiz Wilson Leite Corrêa, ressaltou as dificuldades enfrentadas pelos novos juízes até a aprovação. Ele lembrou não somente das etapas que tiveram que ser vencidas no concurso, mas também da investigação pela qual passaram, pela qual tiveram suas condutas pública e privada sondadas e na qual foram atestadas suas “condutas ilibadas e sem mancha, próprias de um magistrado”. O magistrado ressaltou também que “esse foi apenas o início de uma jornada que transformará suas vidas, de seus familiares e das inúmeras pessoas que serão atingidas pelos efeitos das decisões que os senhores proferirão”.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul, Júlio César Souza Rodrigues, ressaltou a importância de o judiciário ser independente, para que os cidadãos possam ser livres, advertindo os novos juízes que “incumbe a Vossas Excelências o desempenho do dever que lhes é inerente: o de velar pela integridade dos direitos fundamentais de todas as pessoas”.

As boas-vindas em nome do Ministério Público foram dadas pelo procurador de justiça Antônio Siufi Neto, que chamou a atenção para a difícil missão que os ingressos na magistratura terão que enfrentar ao ter que “distinguir sentimento e aplicação da justiça. Ensinar-lhes-á o tempo que, no exercício da judicatura, é necessário combinar, harmonicamente, vários campos do conhecimento humano, com equilíbrio e sabedoria”. O procurador terminou citando o Ministro Carlos Mário Veloso: “um Poder Judiciário independente, justo e ágil é a maior garantia de que a vontade do constituinte será concretizada”.

Em breve discurso, o defensor público geral do Estado de Mato Grosso do Sul, Paulo André Defante, colocou a Defensoria à disposição dos novos juízes, para trabalharem juntos. O defensor ainda aconselhou: “o encargo de promover o ser humano como sujeito de Direitos só é verdadeiramente possível com dedicação, seriedade, estudo, sensibilidade e compromisso com a dignidade humana”.

Também saudou os juízes o Des. Hildebrando Coelho Neto, que os parabenizou pelo êxito alcançado e os aconselhou a não se esquecerem o compromisso prestado, qual seja o de “desempenhar, leal e honradamente, as funções do meu cargo, cumprindo a Constituição e as leis”. O desembargador também os advertiu: “cuidado com as mãos que hoje lhes outorgam favores, porque amanhã lhes imporão as rédeas”. Por fim, parabenizou os recém-empossados pela carreira escolhida, por ser, nas palavras de Rui Barbosa: “a mais eminente das profissões, a que um homem se pode entregar neste mundo”.

Finalizando os pronunciamentos, o primeiro colocado no concurso, juiz substituto Guilherme Henrique Berto de Almada, discursou em nome dos magistrados empossados, dando destaque à qualidade do Poder Judiciário sul-mato-grossense: “tomamos posse num dos mais eficientes Tribunais de Justiça deste país, conforme ano após o ano o Conselho Nacional de Justiça tem demonstrado com as estatísticas que divulga. Também posso dizer como ex-estagiário por dois anos e ex-servidor deste Tribunal por seis anos e meio que teremos a melhor estrutura possível – física e humana”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)