Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/05/2012 08:24

TJMS determina pagamento imediato do salário do prefeito afastado de Alcinópolis

Francisco Junior, Campo Grande News

Manoel Nunes da Silva deixa cadeia onde permaneceu preso por vários meses. (Foto: João Garrigó)
Decisão do desembargador Dorival Renato Pavan, da 4ª Câmara Cível do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), determinou nesta sexta-feira (18) que seja efetuado imediatamente o pagamento do salário do prefeito afastado de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva, acusado de ser o mandante da execução do então presidente da Câmara Municipal, vereador Antônio Carlos Carneiro. O crime foi em Campo Grande, em outubro de 2010.

Com o afastamento do prefeito, o vice-prefeito Alcino Carneiro, pai do vereador morto, assumiu a Prefeitura e suspendeu pagamento de Manoel, que acabou entrando na justiça para poder receber o ordenado.

No mês de abril, a 4ª Câmara Cível julgou procedente o pedido do prefeito para receber o salário. Ele havia recorrido de uma decisão liminar que proibia pagamento.

Ontem, o desembargador relator do processo determinou o cumprimento da decisão “com a maior brevidade possível”.

Manoel foi preso em 20 de julho e solto no dia 29 de setembro de 2011, sob condição de não se aproximar da prefeitura. Em janeiro deste ano, a Seção Criminal do TJ/MS recebeu a denúncia por homicídio doloso feita pelo MPE (Ministério Público Estadual) contra o prefeito afastado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)