Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/02/2008 21:15

TJMS autoriza comunicação de atos por meio da internet

TJMS

Com objetivo de melhorar o procedimento de comunicação dos atos processuais urgentes, especialmente com a diversidade de ferramentas tecnológicas disponíveis, por unanimidade, os desembargadores do Tribunal Pleno aprovaram uma proposta de resolução que altera o artigo 300 da Resolução nº 237/95 para autorizar a comunicação dos atos processuais de urgência, por meio de correio eletrônico oficial.

Não se deve esquecer de que a Lei nº 11.419/2006 autoriza a comunicação de atos e a transmissão de peças processuais por meio eletrônico, e que a transmissão de dados por meio eletrônico, além de eficiente é instantânea e econômica, tendo em vista que dispensa cópias de documentos, seu envio por fax, expedição de ofícios, despesas postais, racionalizando a utilização da atividade cartorial.

A medida abreviará o tempo de execução dos atos determinados, em razão de o meio eletrônico permitir que a comunicação se dê de forma segura, contribuindo para a prestação jurisdicional em tempo razoável, missão do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

Importante registrar que para a implementação da medida antes deve-se disponibilizar aos gabinetes dos desembargadores o módulo de gabinete do Sistema de Automação do Judiciário (SAJ), com treinamento para os servidores, para que todos os expedientes necessários à elaboração dos acórdãos e comunicação das decisões monocráticas estejam rapidamente disponíveis no sistema aos setores que utilizarão e/ou transmitirão as informações.

Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)