Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/03/2009 18:22

TJMS abre Exposição do STF nesta segunda-feira

TJMS

Os quase dois séculos de atuação judiciosa e independente do Supremo Tribunal Federal (STF) serão mostrados no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, de 17 de março a 24 de abril de 2009. As 25 peças que compõem a exposição “Supremo Tribunal Federal em Campo Grande” chegaram à Capital sul-mato-grossense esta semana. Com estas peças estão montados 10 módulos auto-representativos e cinco quadros.

A solenidade de lançamento da exposição será realizada hoje, dia 16 de março, às 17h30, no espaço cultural do Tribunal de Justiça (saguão do piso inferior), local onde ficarão expostos os quadros. Na solenidade de abertura estará presente o presidente do TJMS, Des. Elpídio Helvécio Chaves Martins, e o secretário-geral da presidência do STF, Dr. Luciano Felício Fuck, além de autoridades convidadas para o evento.

Esta é a 17º edição do evento, inédito no Mato Grosso do Sul. A exposição estará aberta à visitação do público, a partir do dia 17 de março, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas.

Segundo o Ministro Gilmar Mendes, a iniciativa tem a finalidade de divulgar os aspectos e detalhes da Corte Maior brasileira aos cidadãos que, mesmo impossibilitados de conhecê-la pessoalmente, em face dos obstáculos inerentes à imensa territorialidade deste país-continente, aprenderam a admirá-la e respeitá-la à luz diáfana do tempo e de tantos históricos julgamentos.

A Mostra foi montada a partir do trabalho da fotógrafa Graça Seligman, cuja sensibilidade bem captou a beleza tanto das formas sinuosas reveladas no conjunto de edifícios que compõem o Supremo quanto dos espaços interiores, concebidos sob o signo da reconhecida genialidade de Oscar Niemeyer.

Ao oferecer ao visitante a privilegiada visão desse que é um dos conjuntos arquitetônicos mais harmoniosos da Praça dos Três Poderes, pretende-se despertar a atenção para o afazer diário da prestação do serviço público de justiça.

Exposição - A exposição irá ocupar o espaço cultural do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e apresentar painéis fotográficos retratando diversos ambientes e momentos históricos do STF. A intenção é familiarizar o público com o funcionamento da mais alta Corte de Justiça do país, conhecida como a Casa da Cidadania por excelência.

Será uma interação entre a população e a magistratura brasileira, já que o Poder Judiciário precisa estar próximo do cidadão, em um convívio harmônico e estreito entre autoridades judiciárias e os jurisdicionados.

A iniciativa de se levar a Exposição Fotográfica Itinerante do STF aos estados brasileiros simboliza a abertura do judiciário a toda sociedade.

Destaques - Os painéis da exposição, que medem 1,80m x 2,50m, ficaram expostos em Porto Velho (RO) até o dia 5 de março. Ao percorrer os Estados, a exposição já passou por Brasília, Rio de Janeiro, Vitória, Aracaju, Maceió, Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, São Luiz, Palmas, Goiânia, Cuiabá e Rio Branco. Nos painéis é possível ver:

- a galeria dos presidentes do STF;

- o Salão Branco;

- a biblioteca Ministro Victor Nunes Leal;

- salas das Turmas;

- os edifícios integrantes do complexo arquitetônico do Superior Tribunal de Justiça;

- os registros fotográficos de diferentes fases de construção da Corte;

- as visitas de personalidades ilustres;

- os desenhos originais do arquiteto Oscar Niemeyer para o projeto do STF.

Autoria do Texto:Departamento de Jornalismo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)