Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/08/2007 14:09

TJ suspende processo e vice-prefeito retorna ao cargo

Milena Crestani - Midiamax

A desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, da 2ª Turma Cível do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), determinou a suspensão do processo que denunciava o vice-prefeito de Naviraí, Ronaldo da Silva Botelho, por improbidade administrativa devido à suspeita de fraude na contratação da empresa MTV Nardoro.

Com isso, ela suspendeu o afastamento do vice-prefeito, do gerente de finanças da Prefeitura, João Marcos Pedro Rosa, e do gerente de licitações e compras, Marcos Ricco Santelli. A desembargadora considerou a decisão “por antever dano de difícil reparação ao agravante, no caso o prefeito e o vice de Naviraí”.

O MPE (Ministério Público Estadual), que ofereceu a denuncia, deve aguardar o julgamento do mérito do agravo impetrado pelo vice-prefeito pela 2ª Turma Cível do TJ antes de recorrer da decisão, conforme informou ao Midiamax o promotor Paulo da Graça Riquelde de Macedo Junior.

Em decisão proferida no dia 2 deste mês, a juíza Marilsa Aparecida da Silba Baptista, da 2º Vara de Naviraí, optou pela ordem e anotou a suspensão do processo determinada pelo agravo de instrumento e retorno do vice-prefeito e dos outros afastados ao cargo até a decisão da Turma do TJ.

Denúncia

De acordo com as informações colhidas em inquérito civil, Ronaldo Botelho e Salvador Cardoso criaram a empresa MTV Nardoto ME, em nome de Maria Thereza Vieira Nardotto, para participarem de licitação destinada à aquisição e plantio de grama em escolas municipais e no estádio Virotão, principal local de atividades do Clube Esportivo Naviraiense.

Consta no inquérito que o contrato entre a Prefeitura e a empresa é ilegal, uma vez que o proprietário da empresa é o irmão do vice-prefeito Botelho e os serviços prestados viabilizaram as atividades do time de futebol em que o vice-prefeito é dirigente, sendo pagos com recursos da municipalidade.

Apurou-se também que a empresa não possui sede própria, funcionando na casa de Ronaldo Botelho, não conta com funcionários assim como não possui nenhum tipo de equipamento para a prestação do serviço contratado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)