Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/12/2009 09:59

TJ nega liberdade a jornalista acusado de matar criança

Campo Grande News/ Nadyenka Castro

O Tribunal de Justiça negou liberdade ao jornalista Agnaldo Ferreira Gonçalves, 61 anos, acusado de matar Rogério Mendonça, dois anos, após uma briga de trânsito no centro de Campo Grande, dia 18 de novembro deste ano.

O pedido de habeas corpus em caráter liminar foi protocolado na tarde de quarta-feira (9) e negado pelo desembargador Romero Osme Dias Lopes, na manhã dessa sexta-feira.

Agnaldo é acusado de homicídio doloso qualificado, pela morte de Rogerinho; de tentativa de homicídio contra a irmã de Rogerinho, Ana Maria, de cinco anos, contra o avô das crianças João Afonso Pedra e contra o tio delas, Aldemir Pedra Neto. Ele também responde pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

O jornalista e Aldemir discutiram por conta de uma situação no trânsito, no cruzamento das avenidas Mato Grosso e Ernesto Geisel. Cerca de quatro quadras depois, Agnaldo disparou quatro tiros na caminhonete onde estava Aldemir e a família.

Um dos tiros atingiu o pescoço de Rogerinho, matando-o. Outro atingiu o queixo de João Afonso, que foi submetido à cirurgia no maxilar. Estilhaços de vidros atingiram Ana Maria.

Agnaldo argumenta que atirou porque foi agredido por Aldemir e ameaçado de morte por ele. Após disparar os tiros, Agnaldo recarregou a arma e foi para a Depac (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento Comunitário), com a intenção de comunicar que havia sido vítima de ameaça. Ele acabou preso.

O jornalista está preso em uma das celas do Instituto Penal de Campo Grande.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)