Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/06/2004 17:00

TJ/MS suspende a cobrança da Cosip em Miranda

TJ/MS

Por considerar inconstitucional a Lei Complementar nº 009, de 21/12/2001, do município de Miranda, que institui a Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública – Cosip, a Procuradoria-Geral de Justiça de Mato Grosso do Sul interpôs Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADIN, com pedido de medida cautelar.

Nos autos, a Procuradoria alega que a referida lei fere artigos da Constituição Estadual e que o município não pode criar um tributo sem previsão legal. A Lei Complementar nº 009 foi criada em 2001 e a Emenda Constitucional nº 39, que permite aos municípios e ao Distrito Federal instituir contribuição para o custeio do serviço de iluminação pública, ocorreu em 2002, um ano depois da lei municipal – isso quer dizer que não havia previsão constitucional para a instituição do referido tributo.

Assim, na sessão do Tribunal Pleno do TJ/MS, realizada nesta quarta-feira (16/6), por maioria, os desembargadores concederam liminar contra a cobrança da Cosip, com efeitos suspensivos imediatos. Para a relatora do Processo nº 2004-006105-6, Desª Tânia Garcia de Freitas Borges, uma lei nascida já afrontando a Constituição não pode tornar-se constitucional com surgimento posterior de dispositivo na Carta Magna.

Outro ponto alegado pela Procuradoria é que a Lei Complementar nº 009 insulta o princípio da isonomia tributária, na medida em que possibilita efetuar a cobrança de todo cidadão ligado à rede de energia elétrica e não de todo usuário do serviço de iluminação pública, como deveria ser. Pela decisão dos desembargadores, a cobrança fica suspensa até que o Tribunal Pleno julgue o mérito da ADIN e seja decidido se a lei é ou não inconstitucional.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)