Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/11/2006 18:42

TJ/MS aprova aumento da carga horária de servidores

Paulo Fernandes/Campo Grande News

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) aprovou há pouco o Estatuto do Servidores do Judiciário que amplia a carga horária de trabalho dos funcionários de 6 para 8 horas/dia. A proposta do presidente do TJ, desembargador Claudionor Abss Duarte, será encaminhada para votação na Assembléia Legislativa.

O Sindjus (Sindicato do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul) chegou a promover protestos contra a mudança da carga horária. Na sessão de hoje, dezenas de servidores acompanharam a votação do Estatuto. A categoria possui cerca de 3 mil funcionários no Estado.

Em um primeiro momento, o Sindjus tentará convencer os deputados estaduais a votarem contra o Estatuto. “A mudança na carga horária implica em um montão de circunstâncias. Vamos ter de pedir mais dois passes de ônibus por dia, sem falar no problema em adequar os turnos no expediente que vai das 8 às 18 horas”, afirmou o presidente do Sindjus, Noestor Jesus Ferreira Leite. “Vai virar uma salada de frutas”.

Para o presidente, os servidores que há 14 anos fazem jornada de 6 horas, deveriam ganhar um aumento de 33,33% pelo acréscimo de duas horas na jornada de trabalho. Não é o que vai acontecer. O salário base de um escrivão do judiciário é de R$ 1.413.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)