Cassilândia, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

Últimas Notícias

29/02/2008 16:59

TJ mantém condenação do ex-prefeito de Coronel Sapucaia

Marta Ferreira/Campo Grande News

A 2ª Turma Criminal do TJ (Tribunal de Justiça) de Mato Grosso do Sul negou a apelação da defesa e manteve a condenação do ex-prefeito de Coronel Sapucaia, Eurico Mariano, à pena de 17 anos e 9 meses de reclusão como mandante do assassinato do radialista paraguaio Samuel Román, ocorrido em abril de 2003. A decisão foi na quarta-feira dessa semana.

A defesa aguardava a resposta ao recurso desde agosto do ano passado, quando houve o júri popular. O advogado de Mariano, o criminalista Ricardo Trad, já havia adiantado que, caso o resultado fosse negado, tentaria novo instrumento jurídico em favor do cliente. Como a decisão foi unânime entre os integrantes da turma, o recurso deverá ser interposto no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O questionamento - A defesa do ex-prefeito tentou derrubar o resultado do julgamento apresentando três questionamentos, todos rejeitados. O principal foi relacionado a uma das principais rovas contra Mariano, uma fita com a gravação do interrogatório de um dos co-réus, Cleiton Segóvia, feito pelo delegado de Campo Grande, Luiz Ojeda. Na conversa, Segovia afirma que foi Eurico Mariano quem mandou matar o radialista. Segundo a alegação do advogado Ricardo Trad, a peça foi anexada ao processo fora do prazo e não deveria ter sido considerada para o julgamento.

Segóvia, que estava foragido, foi preso em janeiro. Mariano é o único réu condenado neste caso até agora. Ele estava em liberdade, aguardando o recurso. Além dele, nove pessoas foram denunciadas pelo crime, a maioria cidadãos paraguaios. Dos réus, pelo menos quatro foram assassinados- três em 2005 e um no ano passado.

Mariano, segundo a defesa, era inimigo do radialista, por conta das denúncias que ele fazia contra o ex-prefeito, que é réu num processo junto com o traficante Luis Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, na Justiça Federal.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Sexta, 26 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)