Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/06/2004 19:37

TJ lança Central de Compras On Line terça-feira

Assessoria

Mais uma vez o Poder Judiciário Sul-Mato-Grossense dá um salto e acompanha a evolução do mundo tecnológico. Se a Legislação Processual ainda é morosa e não depende do referido Poder para que as suas alterações aconteçam, quando o assunto é Administração Judiciária as possibilidades são muitas e o Judiciário não mede esforços para buscar alternativas que tornem a sua gestão mais célere e transparente, oferecendo para a população comodidade e segurança.
Agora a novidade é o Sistema Informatizado Central de Compras On Line, que será lançado terça-feira (22), às 15h, no Plenário do Tribunal de Justiça. Mais de 5.000 fornecedores de todo o país estão recebendo folders explicativos com informações sobre a Compra Direta On Line e o cadastramento para licitações.
O sistema - Para participar da Compra Direta o interessado deverá estar devidamente registrado no Cadastro Central de Fornecedores, instituído pela Resolução nº 442, de 2 de junho de 2004, e apresentar proposta no prazo estabelecido. O acesso ao sistema informatizado será por meio de chave de identificação do interessado (CNPJ) e de senha obtida a partir do registro cadastral no Cadastro Central de Fornecedores. A senha de acesso é de responsabilidade exclusiva do fornecedor cadastrado.
Já cadastrado, a participação do fornecedor nas Compras Diretas passa a ser bem simples. O Tribunal de Justiça, ao iniciar o procedimento de compra direta eletrônica, disponibilizará no Portal da Internet: a relação contendo a especificação detalhada do objeto e a quantidade que pretende adquirir; o prazo de início e de encerramento do período de apresentação de proposta; o prazo mínimo para a validade da proposta; o prazo para entrega do objeto da compra direta eletrônica; a data de divulgação do resultado do certame; e as demais informações necessárias para a aquisição de bens e de serviços. Outro ponto interessante é que o sistema da compra direta eletrônica torna-se indisponível, automaticamente, na data e hora estipuladas para o encerramento do prazo de apresentação de proposta.
A Compra Direta On Line irá abreviar uma etapa que, até o momento, é feita pelos servidores da Seção de Compras, os quais precisam telefonar ou enviar fax para os fornecedores solicitando o preço dos produtos que irão ser adquiridos. Conseguir que todos os orçamentos para as Compras Diretas sejam via on line é um dos objetivos do novo sistema, segundo a Diretora do Departamento de Material, Deise Moura Mathias. “Para se ter uma idéia do volume de material que nos é solicitado, somente no mês de maio emitimos mais de 40 requerimentos para a Compra Direta. Sem dúvida, o mais importante é que ganharemos tempo e eliminaremos qualquer possibilidade de fraude no orçamento. Além disso, o cadastro de fornecedores será adequado e irá realmente atender as nossas necessidades”, avalia a diretora.
A documentação permanentemente regularizada das empresas cadastradas também é outra facilidade oferecida pelo sistema On Line, explica a Auditora Chefe do Controle Interno, Simone Ribeiro. “Os fornecedores que estiverem cadastrados receberão um e-mail do próprio sistema avisando quando a sua situação estiver prestes a ficar irregular, como o vencimento de uma certidão, por exemplo”.
E mais, com a Central de Compras On Line, a competição irá aumentar ainda mais, já que ela estará acessível a todos os fornecedores do país, o que, conseqüentemente, fará com o que o Tribunal de Justiça compre o produto desejado pelo preço mais baixo do mercado nacional. Outra vantagem é com relação à habilitação para licitação. Simone Ribeiro explica que esse cadastro irá valer para aquelas documentações que são peculiares a todas as modalidades de licitação. “O fornecedor cadastrado para participar das licitações irá receber do programa um certificado que será apresentado no Tribunal de Justiça, quando o fornecedor for participar de determinada modalidade. Isso economiza tempo e dinheiro, tanto para o fornecedor como para o Judiciário e, por conseqüência, para a própria população”, anima-se a Auditora, que completa, “para nós da Auditoria, também será extremamente importante o sistema, visto que teremos acesso a qualquer relatório na hora em que precisarmos”.
As Compras Diretas são realizadas para a aquisição de bens e serviços que não ultrapassem o valor de R$ 8.000,00 (oito mil reais). Para valores acima deste montante, torna-se necessária a licitação, com exceção dos casos de dispensa ou de inexigibilidade.
Informatização - Suprir as necessidades que vão surgindo no dia-a-dia das atividades do Judiciário é um dos objetivos da informatização, explica o Diretor da Secretaria de Informática, Lício Sérgio Ferraz de Brito. “O nosso trabalho é fazer com que as ferramentas que a informatização oferece atendam ao Judiciário, pulando etapas e agilizando a vida de magistrados, servidores e dos próprios jurisdicionados”.
A Central de Compras On Line é mais uma das ações da atual Administração, no sentido de informatizar o Judiciário estadual, que não poupa esforços para concretizar a sua meta e oferecer para a população uma “Justiça em Tempo Real”, seja por ações indiretas como a referida ou por meio da automação das comarcas.
Outro avanço que também vem sendo alcançado é a informatização das Secretarias de Gestão de Pessoal, de Serviços e Obras e de Finanças do Tribunal de Justiça, o que irá facilitar ainda mais a vida dos servidores.
É importante lembrar que, com a conclusão da implantação do Sistema de Automação Judiciária (SAJ) nas comarcas de Nova Andradina, Ivinhema, Rio Brilhante e Itaporã, no mês de maio, o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul passou a ter 85% do volume de processos do Estado disponíveis na rede lógica e, até o final do ano de 2004, 94% da informatização do Judiciário estará concluída, já que há previsão de que mais 17 comarcas recebam o SAJ. Isso significa que de maneira instantânea, qualquer cidadão poderá consultar os andamentos dos processos de Mato Grosso do Sul em qualquer parte do mundo, utilizando apenas um computador ligado à Internet.
É o Poder Judiciário Sul-Mato-Grossense acompanhando a evolução do mundo moderno por meio de uma Administração Judiciária que promove melhorias nas

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)