Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/01/2008 14:58

TJ espera enxurrada de ações contra telefonia fixa

Sandra Luz - Campo Grande News

Uma enxurrada de processos é esperada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul depois da edição da súmula que estabelece as decisões dos Juizados Especiais do Estado quanto à assinatura básica de telefonia fixa. A súmula uniformiza as decisões dos magistrados que passarão a considerar ilegal a cobrança.

Segundo a juíza Sandra Regina da Silva Artioli, do Conselho de Supervisão dos Juizados Especiais, ações de consumidores que questionam as decisões tornaram-se mais freqüentes há cerca de dois anos. A estimativa é que existam cerca de 5 mil processos neste sentido. Com a publicidade da súmula, a expectativa é de aumento.

A súmula, além de considerar a cobrança ilegal, estabelece que o ressarcimento ao consumidor que questionou o pagamento na forma simples, ou seja, somente o que foi pago a título de assinatura básica. Também ficam vetadas novas cobranças ao consumidor autor da ação.

De acordo com a juíza, a decisão cabe recurso ao STF (Supremo Tribunal Federal) tanto pelas concessionárias que se sentirem prejudicadas, como por consumidores que discordarem da forma de ressarcimento. O prazo para recorrer é de dez dias a partir da publicação da súmula, que foi dia 21. Porém, explica a magistrada, o prazo não tem efeito suspensivo e os juízes ainda poderão usar a súmula nas decisões.

Os consumidores podem entrar com processo questionando o pagamento da assinatura básica dos últimos cinco anos. Somente serão beneficiados com a decisão aqueles que entrarem na Justiça. Como a decisão cabe recurso ao STF, a situação ainda pode mudar.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)