Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

10/06/2014 15:55

TJ determina fornecimento de medicamento para trombofilia

TJMS

TJ determina fornecimento de medicamento para trombofilia
10/06/2014 - 10:38
Esta notícia foi acessada 122 vezes.

Por unanimidade, os desembargadores da 1ª Câmara Cível concederam a ordem do mandado de segurança impetrado por V.R.M.B. contra um ato praticado pelo Secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul e o Secretário Municipal de Saúde de Campo Grande, sobre a negativa de fornecer um medicamento para o tratamento de "trombofilia".

A impetrante, que salienta encontrar-se na 27ª semana de gestação, alega ser portadora de trombofilia hereditária, o que eleva o risco de trombose durante a gravidez e no pós-parto e pede pela concessão da medida liminar, para que lhe seja imediatamente fornecido o remédio Enoxaparina 40 mg, a partir de agora, até 40 dias no pós-parto.

Ambos o impetrados afirmam que o SUS possui o medicamento denominado “heparina”, o qual tem eficácia praticamente idêntica à “enoxaparina”. Alegam ainda que a paciente não tem a opção de escolher determinado medicamento se não comprovou que fez uso das opções disponíveis no SUS e que estas foram ineficazes no seu tratamento.

Segundo o relator do processo, Des. Paschoal Carmello Leandro, o Poder Público não pode se furtar ao dever de prestar efetiva assistência à saúde dos cidadãos, sendo que o direito à saúde e à integridade física deve se sobrepor aos formalismos adotados na disponibilização de tratamento ou de medicamento. Em seu voto, o desembargador afirma ainda que o sistema público de saúde deve fornecer medicamentos e tratamento médico a todos os cidadãos, de forma igualitária.

“Assim, diante da casuística apresentada no presente mandamus, não há possibilidade de negar a presença do direito líquido e certo da impetrante, efetivamente comprovado, a ensejar a concessão da segurança pleiteada. Pelo exposto, com o parecer, concedo a segurança, confirmando a liminar concedida, para assegurar o fornecimento do medicamento à impetrante”, concluiu o relator.

Processo nº 1403239-32.2014.8.12.0000

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)