Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/08/2015 07:30

TJ derruba liminar que suspendia nomeações em concurso suspeito da Sefaz

Midiamax

 

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) derrubou nesta quinta-feira (13) a liminar que suspendia as nomeações de aprovados em concurso suspeito da Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda).

A decisão diz que mesmo com as denúncias de irregularidades, o concurso deve seguir seu trâmite e os aprovados devem ser nomeados até o julgamento definitivo da ação pública. O TJ alega ainda que não há “fato novo capaz de modificar a decisão”.

Voltando atrás

Na noite desta quarta-feira (12), o juiz Marcelo Ivo de Oliveira, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, havia acatado o pedido de liminar do MPE (Ministério Público Estadual) e determinado a suspensão da posse dos nomeados.

“Concedo a liminar pleiteada às fls. 915/917, para o fim de determinar a suspensão dos efeitos de quaisquer atos supervenientes à nomeação ocorrida por meio do Decreto "P" nº 3.504, de 16 de julho de 2015, em especial quanto à posse dos nomeados”, escreveu o juiz no despacho.

Os aprovados foram nomeados em julho, sendo 25 para cargo de auditor fiscal e 50 fiscais tributários.

Irregularidades

O concurso da Sefaz foi feito em 2013, no governo de André Puccinelli (PMDB). Desde então, foi alvo de uma série de denúncias e chegou a ser suspenso por decisão judicial. Na última sexta-feira (7), o MPE pediu liminar para suspender as nomeações e “evitar a desmoralização do Estado de Mato Grosso do Sul na realização de concursos públicos, de forma que não possa eventualmente gerar prejuízo aos candidatos e a toda a coletividade”.

No parecer do MPE o promotor Henrique Franco Cândia lembra da “constatação de irregularidades que feriram a lisura do certame” e também cita reportagem do Jornal Midiamax sobre suposta interferência de pessoas investigadas na Operação Lama Asfáltica no concurso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)