Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/12/2008 10:12

Títulos: José Benedicto de Figueiredo e José Ryzkallah

assessoria do deputado Tita
José Benedicto de Figueiredo, José Ryzkallah e o deputado TitaJosé Benedicto de Figueiredo, José Ryzkallah e o deputado Tita

Em uma sessão solene muito disputada, o deputado Diogo Tita entregou títulos de cidadão sul-mato-grossense a dois desembargadores aposentados: José Benedicto de Figueiredo e José Ryzkallah.

Em seu discurso, o parlamentar lembrou que em 1.977, quando começou na advocacia, José Rizkallah era o juiz em sua cidade natal (Paranaíba) e José Benedicto de Figueiredo, o promotor. “Bons tempos aqueles em que, com exemplos como vocês se aprendia a ter gosto pela profissão, a distribuir justiça com competência”, disse ele. E, citando Fernando Sabino, poeta mineiro e jurista, Tita apontou que “democracia é possibilitar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um”.

Para falar das personalidades indicadas ao título, Tita citou ainda a Bíblia Sagrada, o filósofo Emmanuel Kant e terminou com falando de Voltaire, para quem o maior prazer que alguém pode sentir é o de causar prazer aos seus amigos. “E vocês me encheram de alegria ao me permitir o prazer de propor, nesta Casa de Leis, estes mais que justos títulos de cidadão sul-mato-grossense. Muito obrigado”.

Os homenageados também estavam bastante emocionados. José Benedicto de Figueiredo faz um discurso longo e citou as comarcas onde atuou: Coxim, Diamantino (MT), Paranaíba, Campo Grande e adjacências. “Tudo o que fiz pelo Mato Grosso do Sul nada mais foi que um dever de ofício, onde procurei dedicar parte da minha vida como membro do MP, por mais de 28 anos”.

Ao agradecer o título com que foi agraciado, ele completou: “Agradeço ao proponente do título, deputado Diogo Tita, que transcende de família tradicional de Paranaíba, que na advocacia foi sempre brilhante e cortêz com as autoridades judiciais. Sua mente forjada na têmpora de um bravo audaz, sempre lutando pelo seu povo e a pujante Paranaíba, tanto que por duas vezes ocupou o cargo de prefeito na terra descrita em livro por Visconde de Taunay”.

José Ryzkallah ocupou a tribuna para falar de informalmente e se justificou: “pela forma tão calorosa como fui recebido. Sinto-me em casa”. Ele citou a família Robalinho, falou de sua passagem por Paranaíba, dos outros homenageados, e questionou a razão de receber tal honraria.

“Fico me perguntando por que, depois de 17 anos de aposentado no TJMS, fui indicado para tal homenagem. Sei que não há interesse do proponente, pois já deixei a comarca há muito tempo. Deve ser então pelos princípios que sempre segui: sejam moral, ético, filosófico ou jurídico. Quarenta anos de exercício na profissão e eu me pergunto: Valeu a pena? A resposta está nesta solenidade”, disse ele.

Às futuras gerações, Ryzkallah afirmou deixar seu legado e deu um conselho. “Sejam fiéis a esses princípios. Vocês podem não ter reconhecimento financeiro, mas virá o reconhecimento da sociedade sul-mato-grossense”, finalizou.

Na mesma sessão, mais duas pessoas foram homenageadas pela deputada Dione Hashioka: o pastor da Igreja Metodista em Nova Andradina, Getro da Silva Camargo, e a primeira professora de Batayporã, Maria José do Amaral Camargo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)