Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/10/2015 15:00

Tire suas dúvidas sobre o uso de anticoncepcional oral

Portal Segs

 

Muitas mulheres hoje em dia tomam pílula anticoncepcional para evitar uma gravidez indesejada, mas até hoje ainda existem várias dúvidas a respeito do uso desse medicamento de uso contínuo, que começou a ganhar popularidade na década de 60. Tomar pílula faz mal? Como saber qual a pílula mais adequada? O contraceptivo pode atrapalhar na hora de engravidar? Essas e outras questões relacionadas ao tema ainda permeiam o cotidiano feminino.

A Dra. Taluana Franchi Rizzo, ginecologista e consultora Netfarma, esclarece algumas das dúvidas que costumam surgir em consultório:

• Tomar pílula faz mal? Como qualquer outro medicamento, o anticoncepcional pode causar efeitos colaterais, como dor de cabeça, inchaço, enjoos, entre outros. Por isso, deve ser usado com critério, e sempre sob orientação médica. Os efeitos colaterais estão relacionados ao tipo de hormônio que compõe a pílula usada, e os efeitos dessa droga em cada organismo. Caso a mulher comece a tomar uma pílula e sofra algum tipo de reação, deve avisar seu médico para que possa orientá-la.

• Como escolher a melhor pílula? A escolha do contraceptivo mais adequado deve levar em conta diversos fatores, tais como doenças crônicas (hipertensão, entre outras), antecedentes pessoais, tabagismo e inclusive fatores como ocorrência de cólicas e tendência ao inchaço. A indicação também está relacionada à idade da paciente e até a alguns desejos da mesma, como a melhora da oleosidade da pele e da acne por exemplo. Por isso, quem recomenda a melhor opção para a mulher é o médico ginecologista, após fazer uma avaliação do histórico da paciente, e nunca a própria paciente por conta própria.

• É preciso dar pausas no uso? Há médicos que ainda defendem que é preciso parar de tempos em tempos, mas a tendência mundial hoje é optar pelo uso contínuo, de até quatro cartelas, sem interrupção. Muitas mulheres optam por não menstruar, devido ao intenso ritmo de vida e à melhora da qualidade de vida, já que ela não terá cólicas nem TPM, por exemplo. Por isso, muitos anticoncepcionais já são formulados para proporcionar a interrupção menstrual. Em alguns países, como os Estados Unidos, já existem cartelas à venda com 84 comprimidos. Segundo a médica, hoje o uso ininterrupto é considerado seguro pela medicina, desde que seja feita uma avaliação e o controle regular junto ao ginecologista.

• A mistura de anticoncepcional e cigarro causa riscos? A combinação é considerada perigosa, pois há maior risco de ocorrência de trombose. Em geral, recomenda-se que mulheres que fumam e têm mais de 35 anos de idade não tomem pílula anticoncepcional. No entanto, a médica ressalta que o risco de trombose está ligado ao uso de qualquer anticoncepcional, independentemente da idade da mulher, mas obviamente cresce quando associado ao tabagismo e na mulher com idade superior aos 35 anos e uso de 15 cig/dia.

• O uso da pílula pode atrapalhar na hora de engravidar? De acordo com a especialista, tomar anticoncepcional não afeta a fertilidade, pois logo após parar de utilizar a pílula, a mulher já volta a ter ciclos ovulatórios. O retorno à fertilidade está relacionado à meia vida (tempo de ação da droga no organismo) da pílula, e as pílulas atuais têm meia vida de no máximo 48 horas. Ou seja, apenas 48 horas após parar a pílula a mulher já pode ovular. Com isso, não é por que utilizou o método que a mulher terá dificuldades para engravidar.

“Acima de tudo, sempre vale ressaltar que quem prescreve o anticoncepcional é o ginecologista, e nunca deve-se fazer o uso desse nem de nenhum outro tipo de medicamento sem consultar um médico especialista, já que a auto medicação pode acarretar sérios riscos à saúde”, complementa a Dra. Taluana.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)