Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/11/2009 06:51

Teste da orelhinha detecta problemas auditivos no bebê

Agência do Rádio

Três em cada mil crianças nascem com algum problema auditivo. Mas um exame simples pode resolver o problema. É o teste auditivo neonatal, conhecido como teste da orelhinha, feito em recém-nascidos. A fonoaudióloga Gabriela Cintra explica que o exame é rápido e não dói nada.

"É colocada uma sonda no meato acústico externo do bebê. Essa sonda produz um som que estimula as células sensoriais do bebê. Quando essas células são estimuladas, elas emitem uma pressão e a gente capta com essa sonda essas pressões. Então através de análises estatísticas, a gente consegue visualizar a presença do funcionamento das células sensoriais da audição do bebê."

Segundo Gabriela Cintra, o teste da orelhinha pode evitar que os bebês tenham problemas também no desenvolvimento da fala.


"Quando a criança desenvolve principalmente os dois primeiros anos sem ouvir ou sem ouvir bem consequentemente ela vai ter alterações de linguagem. Mas quando você faz o exame, descobre que tem um problema e já faz um tratamento precocemente, você possibilita que a criança tenha mesmo com a perda auditiva, o desenvolvimento da linguagem."

A fonoaudióloga adverte: o teste da orelhinha deve ser feito a partir dos primeiros dez dias de vida e não pode ultrapassar o primeiro mês de idade.


"Se faz muito próximo ao parto a gente tem a possibilidade do exame dar uma alteração e essa alteração ser decorrente de líquidos, de vérnix na orelha do bebê."

Minas Gerais é o primeiro estado brasileiro a tornar o teste da orelhinha obrigatório. Quinze maternidades mineiras já fazem o exame de graça.

Reportagem, Alan Borges

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)