Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/01/2007 16:02

Termina indefinida reunião de André com servidores

Uma comissão formada por oito sindicalistas vai representar os servidores públicos na análise das propostas feitas nesta manhã pelo governador André Puccinelli (PMDB) para pagar o salário de dezembro. A reunião durou mais de três horas e começou com um clima tenso, com os servidores pressionando o governo, conforme o governador apresentava os números do governo referentes a pagamentos, dívida e receita, os ânimos foram acalmados.

Puccinelli propôs aos cerca de 50 líderes de sindicatos duas formas de pagamento da folha salarial de dezembro dos servidores públicos. A primeira proposta seria parcelar em seis vezes iguais com a primeira parcela sendo paga no dia 25 de fevereiro, a segunda opção seria pagar primeiro os que ganham menos e dividir os demais salários, estabelecendo um cronograma de pagamento.

Outra proposta feita por André, desta vez para o Banco do Brasil, que enviou o gerente de Contas Públicas, Jéferson Raposo, para representar a instituição financeira, seria o pagamento dos salários dos servidores pelo banco, em um tipo de empréstimo onde o banco seria pago de volta pelo governo, sem juros, em seis vezes. André cobrou do banco uma resposta até às 17h de hoje, para a reunião marcada com os servidores para definir como será pago o salário. O governador disse estar disposto a discutir qualquer proposta que não onere mais o Estado.

André quer uma “resposta favorável “ do Banco do Brasil para o Estado e, caso o Banco não ceda, ele pretende vai leiloar a folha de pagamento. O governador disse que já está em negociação com o Bradesco, que no governo anterior ofereceu R$ 94 milhões para o governo.

Segundo André, a folha líquida de dezembro é de R$ 135,9 milhões e o valor bruto é de R$ 189 milhões. O valor bruto do salário de janeiro, pago em fevereiro, é de R$ 180 milhões e líquido de R$ 130 milhões. A folha de dezembro é maior porque está incluído o prorata, indenizações de servidores e parte do 13º. André garantiu que a folha de janeiro, que será paga em fevereiro, ele garante o pagamento.

Vale-transporte

O vale-transporte de janeiro não será acumulado para fevereiro, disse André. A partir do dia 1º de fevereiro será pago o vale dos servidores e até lá os servidores não terão o repasse do vale transporte, informou o governador, que também prometeu que as faltas não serão permitidas e que estuda, inclusive, penalidades a quem faltar.

Justiça

André disse ter ficado magoado com seis sindicatos que entraram com ações judiciais contra o governo para garantir o pagamento do salário de dezembro. “Fiquei magoado porque queríamos fazer um acordo”, explicou o governador, que endureceu o tom: “Quem se insurgir tem o direito de buscar a justiça, o que seria o caos. Os que entrarem na justiça serão os últimos a receber”, decretou Puccinelli.

André disse que, se houver alguma liminar, ele espera que o Tribunal de Justiça não conceda liminar. Se o TJ conceder alguma liminar, determinando que o governo tenha que pagar alguma categoria, isso vai impedir que o Estado pague a dívida com a União e novamente seja penalizado pelo bloqueio das contas, acredita André.

Congelamento

O salário do governador e do vice-governador ficará congelado durante os quatro anos do governo e o dos secretários de Estado por um ano, anunciou André. Já os servidores comissionados receberão um reajuste, proporcional ao dos outros servidores, afirmou o governador.


Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)