Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/07/2009 07:30

Terezinha Tagliaferro: História de Vida Comum

Terezinha Tagliaferro

Quero aqui lhes contar uma pequena historia, uso historia com "H" porque e verdadeira.O objetivo desta historia e lhes mostrar como mesmo que uma pessoa seja instruida ou inculta, religiosa ou nao, rica ou pobre, independente de raca ou cor....Deus e presente e cuida da mesma maneira.
Era uma vez um casal que eram empregados em uma determinada fazenda do interior de S.Paulo.Eram apenas esposados e tinham uma filha de 2 anos. De repente, o Sr. Antonio fica doente de tifo, que naquele tempo era uma doenca comum e voces sabem que da muito em lugares sujos.
O sr. Antonio deveria ser hospitalizado ate se curar.Naquela epoca os empregados nao eram registrados e nao haviam nenhum direito como nos dias atuais. O trabalho dele era o unico meio de sustento e nao podiam contar com a ajuda de ninguem.Eles, porem, nao entraram em depressao porque talvez naquela epoca nao era de moda ou porque quem nao tem nada, tambem nao tem nada a perder.E interessante notar que o pobre verdadeiro, nao se preocupa tanto com o futuro.Ele esta sempre feliz com o seu dia a dia.E aqui que entra a Providencia Divina.
Entao o sr.Antonio foi se internar num hospital na cidade onde morava uma sua cunhada porque ao menos ela daria uma ajuda ficando com a crianca.
Neste hospital trabalhavam varias religiosas.A esposa do sr.Antonio , como era uma mulher muito trabalhadeira,pediu um trabalho na cozinha do hospital mesmo sem ganhar nada, pois assim poderia ao menos fazer ali suas refeicoes.Foi aceita.Ali ficou ate o marido ser curado, isto e, por varios meses.
Nesse hospital todos os dias tinha missa e era celebrada por um sacerdote que vinha de um seminario vizinho e que tambem possuiam uma fazenda. Entao, a Providencia Divina ,entrou em acao.As religiosas falaram com o sacerdote sobre a historia dessa familia.O marido iria sair do hospital e nao tinha servico porque enquanto estava se tratando o fazendeiro o substituiu.
Por incrivel que pareca o sacerdote estava precisando de um leiteiro e o sr. Antonio era pratico em lidar com gado.Pronto, tudo resolvido.A familia foi unida novamente .Foram morar na Fazenda Santo Antonio, ali eles tinham uma casa com agua e luz gratuita.Cada casa tinha um enorme quintal que descia ate um pequeno corrego . A D. Dirce ja fez a sua horta, plantou vagem perto da cerca, fez a parreira de chuchu, sem esquecer de plantar as bananeiras que ela gostava tanto.Em breve tempo eles ja tinha muita fartura.
O sr. Antonio trabalhou nessa fazenda por toda sua vida.Teve 11 filhos e ali criou todos eles.
Embora a fazenda era dos padres, e tivesse muita amizade com eles, o sr, Antonio nunca foi a missa.
Era um homem bom, dotado de um grande coracao.Os padres sentiram muito a sua morte e quando foram chamados ,durante a doenca dele, pois a familia sabia que o fim estava se aproximando e que talvez naquela situacao ele gostaria de se confessar...quem sabe.... os padres foram, mas foi este o comentario...Que pecado ele tinha? Um homem que apenas trabalhou e so aquela vida ele conheceu... Deus o amou da mesma forma e o acompanhou por toda a sua vida.
Nao quero dizer que se deve apenas receber as gracas de Deus porque o certo e tambem agradecer, mas quero mostrar o quanto Deus nos ama.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)