Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/06/2009 07:00

Terezinha Tagliaferro: História de Malta

Terezinha Tagliaferro

Idade do Bronze


Os primeiros habitantes das ilhas eram pacificos agricultores.Nesta,chamada "Idade do Bronze ", os novos chegados eram guerreiros, usavam a flecha, punhais, armas feitas de bronze.Escolhiam o lugar onde morar com muito cuidado, se dedicava, a criacao de bovinos, cabras, mas eram menos civilizados do que os povos anteriores.Nao construiram novos templos, se limitavam a usar os templos antigos como cemiteros de cremacao, depositando ali as cinzas dos mortos. A cidade de Tarxien era o centro desta nova cultura.
Este povo nao viveram por longo tempo em paz.Ja nos anos de 1500 a.C.chegaram outras gentes ja com uma cultura diferente e construiram fortificacoes nas colinas de Borg Nadur - Bizerbugga e 600 anos mais tarde, em torno de 900 a.C. vieram novos imigrantes provenientes da Italia continental e se instalaram na regiao sul-ocidental de Malta.Desse povo foi encontrado vestigios na cidade de Bahrija, caracterizados por uma ceramica refinada.



Perido Punico : - Fenicios, Gregos e Cartagineses


Os navegantes Fenicios comecaram a freguentar Malta nos anos 700 a.C., aproveitando a situacao dos seus portos naturais.
Os Fenicios eram habeis navegadores, comerciantes e se destacavam tambem na industria de tecelagem e tintura de roupa como a purpura.Tambem se diz que o vidro foi inventado por eles.
Nessa epoca, ja estamos no periodo da historia escrita e eram famosos os templos dedicado a Divindade Fenicia, um deles e o hodierno Porto Grande, que no inicio era um templo dedicado a Melkart e outro em Tal-Slig, na baia de Marsaxlokk, dedicado a deusa Astarte.
A cidade de Mdina, primeira capital de Malta foi fundada por eles.
Muitos Fenicios se casaram com habitantes da Ilha e ficaram morando aqui, se dedicando a plantacao de azeitonas e comercializavam o oleo de oliva.Nesse periodo a Industria textil se desenvolveu muito.A ceramica passou a ser trabalhada com meios modernos.
Os Fenicios vinham da atual Siria e Libano.
Nos anos 550 a.C. os Fenicios Cartagienes, vindo da atual Tunisia tomaram o controle da Ilha.Estes ja eram um povo mais guerreiro e cruel.Uma das deusas que adoravam era Tanit, a qual se sacrificavam criancas e jovens nos momentos de calamidade.
Nesse mesmo periodo entraram os gregos em Malta, que ao contrario dos Fencicios - Cartagineses, queriam construir um imperio.Por este motivo tinha muita rivalidade.
Desta epoca em diante os Malteses nao ficaram mais isolados, pois Malta e suas ilhas se tornaram o cento de atividades: - consertos e construcao de navios, producao de famoso habitos de linho, producao de oleo de oliva e mel,este ultimo era muito usado como alimento dado aos pelegrinos que vinham nos templos fazer adoracao.
Infelizmente a Ilha chamava a atencao de outros tipos de navegadores, os piratas, e embora o Mediterraneo fosse patrulhado pelos cartagineses, muitos malteses eram capturados e levados como escravos.
Foram encontradas tumbas punicas na cidade de Rabat.Em Zurrieq se conservam os resto de uma estrutura arquitetonica punica caracterizada por uma moldura de estilo egipcio.
Durante a primeira guerra punica,os Romanos saquearam a Ilha e se instalaram nela no ano 257 a,C., mas os Cartagineses a recuperaram.
No ano 218 a.C. os Romanos tornaram a conquista-la e desta vez em definitivo.

Atualidades

Atualmente, em Malta, tem muita plantacao de azeitona.Ha pouco tempo fiquei sabendo que tem pessoas fazendo oleo de oliva em pequena escala.
Aqui se consome muito a azeitona ao natural, isto e, sem processos quimicos.Apenas ela e colhida e colocada numa vasilha com agua durante 3 dias, trocando a agua varias vezes.Apos esses 3 dias se prepara uma salmora bastante forte e deixa a azeitona dentro por muito tempo, ate ela ficar macia.Depois ja esta pronta para ser utilizada como esta ou se pode enxuga-la bem e conserva-la no oleo.A diferenca e que ao natural ela e amarga.Aqui ela se torna um prato especial para ser acompanhada apenas com tomate e pao maltes.Serve como um almoco.O pao maltes e tipo pao feito em casa, com aquela casca grossa e crocante.E mesmo uma delicia.Ainda existem muitos fornos tradicionais que usam a lenha.A pergunta vem espontanea : - de onde vem a lenha ??? Usam moveis velhos, que nao contenha pintura a oleo.Alem disso usam embalagens de madeira, aquilo que nos no Brasil chamamos de "engradados", penso que e assim que se fala.
Ate ha pouco tempo atraz, aos domingos e feriados nao se encontrava pao fresco e o mesmo so era vendido nos fornos ou em peruas que fazia de intermediarioTinha pouca variedade.Atualmente, abriram padarias enormes, com uma grande variedade de pao e se pode comprar fresco inclusive aos domingos e feriados.Isso e otimo pois a base da alimentacao maltesa e o pao e a batata.De fato a batata se encontra ja em pacotes de 4k porque e o minimo que a dona de casa compra.
Quando cheguei aqui, arroz so se encontrava de pacotes com 250g.Agora ja melhorou, se encontra de 2k. Era dificil acostumar, pois meu pai comprava de saco....O feijao do tipo brasileiro dificilmente se encontrava, agora encotro pacotinhos de 200g.
Aqui se usa muito arroz, mas apenas fervido e feito ao forno ( arroz, molho com carne moida e curry). Eu faco a moda brasileira.Minha filha gosta demais e ate meu genro aprecia nosso arroz com feijao.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)