Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/06/2009 07:41

Terezinha Tagliaferro: A história de Malta

Terezinha Tagliaferro*

Quando o Imperio Romano foi dividido entre os dois filhos do Imperador Teodosio, Malta e suas Ilhas foram subordinadas ao Imperio do Oriente, cuja capital era Bizancio, hoje Istambul.
Nessa epoca os Vandalos e Gotos invadiram a Espanha, Norte da Africa, o Territorio Italiano e ate mesmo a cidade de Roma.
Os Bizantinos conseguiram se proteger dos ataques dos barbaros gracas a sua frota naval, sob o comando do General Bellisiario.
Do VI ao VIII seculo se conhece pouco sob o desenvolvimento de Malta, mas e provavel que era uma potente base para a frota Bizantina.
Se sabe que a economia Maltesa regrediu muito e so restou saudades de um glorioso passado.De fato os vestigios Bizantinos na Ilha sao poucos e nao suscita grande interesse.
Para proteger o porto principal, os Arabes construiram um forte onde estava o templo de Eracle.
Os ataques arabes contra a Ilha iniciaram nos anos 836, quando Malta era sob o dominio Bizantino, mas so foi conquistada nos anos 870.Eles partiam da Tunisia, mas usavam a Sicilia como trampolim para as invasoes, pois a Sicilia ja havia sido conquistada 30 anos antes.
As forcas cristas lutaram muito para defender a Ilha, mas foi inutil.No entanto, os Malteses nao foram tratados com dureza por parte dos novos conquistadores.
O Islamismo passou a ser a religiao de Estado. Os hebreus e cristaos que aqui viviam nao foram perseguidos, porem se nao aceitassem Maome como " O Profeta de Deus " eram obrigados a pagar tributo, " Il harag ", e eram tratados como cidadao de segunda categoria.
No ano 991 foi ordenado um recenseamento e resultou que as familias cristas eram 6.339 e os de religiao mulcumanas eram 14.972.Porem, so foi encontrada uma Mosqueia, entao se presume que os Malteses se diziam ser mulcumanos apenas para nao pagar o tributo.
Seja como for, a religiao crista sobreviveu mesmo sob o dominio Arabe.
Para proteger melhor o novo territorio os Arabes construiram fosso na antiga cidade de Malta, Melita, que passou a ser chamada Mdina e o mesmo fizeram com a cidade de Vitoria, em Gozo, que passou a ser chamada Rabat.
As cidades fundadas pelos arabes sao duas: Bahrija, em Malta, que significa " oasis " e Gharb, em Gozo que significa " ocidente ".
Os nomes das duas Ilhas maiores Melita e Gaulos foram mudados para Malta e Ghawdex.Tambem deram o nome nas Ilhas menores de Kemmuna e Filfla, prendendo o nome respectivamente da semente de cumino e pimenta.
A lingua maltesa foi muito enriquecida de palavras arabes.Foi uma assimilacao muito facil porque ambas as linguas sao de origem semitica.
Tambem e de influencia arabe as contrucoes nas antigas cidades, com as casas em forma de cubo ( construcao em torno,formando um quadrado, com pateo no centro ),quase sem janelas , os tetos retos, sem telhas.
Gostaria de explicar aqui qual e o problema do teto sem telhas que encontramos aqui.Com o sol muito quente se faz rachaduras e assim quando vem o inverno e muita chuva, da umidade no forro de quem mora no ultimo andar.No teto cada morador tem sua parte.Entao, e obrigacao de todos os moradores do predio conservar o teto em ordem, consertando as rachaduras e pintando com uma tinta propria, quase todo o ano.
Muitas casas aproveitam a agua das chuvas, canalizando a agua que cai do teto direto para um poco.
Atualmente esta mudando muito o estilo de construcao, mas continua sem cobertura de telhas, pois nos usamos o teto como area de servico, isto e, lavanderia, varal e churrasqueira, para aproveitar espaco.


*brasileira, residente em Malta

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)