Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/08/2011 10:24

Terezinha Tagilaferro: Historias que emocionam

Terezinha Tagliaferro, de Malta

Logo que iniciou a guerra civil na Libia começou a chegar na Ilha de Lampdusa, no sul da Italia varias embarcaçoes com emigrantes, que na realidade sao chamados de \\\"clandestinos\\\".Os Italianos estavam esperando uma emigraçao enorme partindo da Libia, mas na realidade vieram mais de outros paises Africanos.
A situaçao ficou muito dificil.O governo Italiano nao sabia mais como agir e a Comunidade Européia nao queria ajudar a resolver a questao.
A Ilha chegou a ficar com mais de 5.000 emigrantes.Os locais reservados para dar acolhimento estavam super-lotados e os coitados tinham de dormir ao relento, se espalhando pelas colinas.
Isso incomodava a populaçao porque tal situaçao mexe com o coraçao das pessoas e as levam a entrar em conflito consigo mesmo porque de um lado tem pena e sofre ao ver tanta miséria e de outro lado muitos tem medo de quem nao conhece, tem medo de pegar doenças, tem medo de violencia, etc....
Mesmo assim muita gente procurou ajudar como era possivel.De vez em quando a gente escuta na TV certas passagens que nos faz chorar de emoçao.
Nao sei se voces sabem como é a travessia deles.Veem em barcos apertados como sardinha, sem nenhum conforto, pagando uma bela soma e quase a maioria desembarca sem um tostao no bolso.Isso, quando a sorte ajuda de chegar a destinaçao porque muitos morrem por nao aguentar a viagem e muitas vezes o navio afunda com o mau tempo.
Outro dia ouvi contar que numa dessas naves, chamadas \\\" do desespero \\\" tinha um casal, vindos da Libia.Eram ainda jovéns e a mullher estava gravida, dando a luz ao bebe, logo que a nave atracou.Foram os policiais que prestaram os primeiros socorros e entraram em contato com o pessoal da igreja que logo providenciaram o necessario para a vida do bebe.Depois apareceu uma familia que os acolheu na casa deles, providenciando um trabalho para eles e tudo finalizou \\\"como num conto de fadas\\\" , deixando a todos felizes e serenos.
Ontém, estava vendo um programa na TV e contaram esta historia:
Quando a Ilha estava super-lotada, os emigrantes andavam por toda a parte e pediam comida aqui e ali, pediam um comprimido pra dor de cabeça, etc....No meio deles tinha um mocinho que de pedir tinha até vergonha, mas chamava a atençao de todos os que o viam, pelo seu modo de ser.Parecia muito sereno em meio a tanto sofrimento, sorria sempre e tinha um modo muito especial de agradecer quando recebia alguma coisa.Sendo assim, apos alguns dias, a familia que os ajudava, decidiu de convida-lo a entrar em casa.Dia apos dia foram notando que o rapaz tinha uma boa formaçao e convidaram pra morar com eles até quando o governo Italiano decidisse onde eles deveraim ir.A familia tinha um filho quase da mesma idade do rapaz.Sendo assim providenciaram um pouco de roupa pra ele e as coisas de primeira necessidade.O moço falava um pouco de Italiano.Os dias se passaram e ficaram sabendo que o moço deveria partir.Ja 3 dias antes todos começaram a se entristecer.A despedida foi emocionante, todos choravam.O chefe da familia lhe disse ao se despedir: \\\"Olha, meu filho, aqui voce tem a sua familia italiana, volte quando quiser, mesmo que seja apenas pra passar as férias conosco.\\\"
Eu, sinceramente, chorei de ver tanta bondade e fiquei refletindo:
Como esta vida é engraçada.Porque sera que muitas vezes membros de uma mesma familia se odeiam a morte, nao tem jeito, é impossivel a convivencia.E depois nos vemos que pessoas desconhecidas sao capazes deste amor tao grande, de fazer tudo pelo outro e sem esperar recompensa.
A nos so cabe ver, se emocionar e refletir.Jesus é quem conhece os coraçoes e coordena os acontecimentos.So sei de uma coisa,\\\"nada acontece por acaso\\\".
E, mesmo como se diz, tem anjos espalhados em toda a parte, nos nao estamos sozinhos.

Terezinha de Jesus Tagliaferro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)