Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/10/2005 15:07

Telefone Social:Operadoras e telefônicas discutem custos

Lourenço Melo / ABr

Técnicos da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e das companhias operadoras de telefonia fixa vão discutir até o fim da próxima semana o impacto econômico da implantação do telefone social, que o governo quer oferecer à população até o final deste ano. A medida poderá ser anunciada no início de novembro pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Hoje, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, reuniu hoje os presidentes das empresas de telefonia para discutir o assunto e eles destacaram a necessidade de serem feitos estudos sobre o custo que as empresas vão ter em decorrência das opções apresentadas pelo governo para implantação do telefone social.

O Ministério das Comunicações defende tarifa de R$ 14,90, sem impostos, para o telefone social, com 100 minutos de franquia (60 pulsos) e R$ 0,27 para o minuto excedente. O ministro Hélio Costa esclareceu que a opção a ser oferecida aos cidadãos não poderá dar prejuízo às teles, pois, segundo a Lei Geral de Telecomunicações (LGT), o governo teria que arcar com esses custos.

Há diversas propostas em estudo, da parte da Anatel e do Ministério das Comunicações. Se o consumidor tiver uma franquia, por exemplo, de 40 minutos, o retorno dos investimentos das empresas será mais lento, disse o ministro. Por isso, o assunto vai ser discutido entre as empresas e a agência reguladora.

Hélio Costa acredita que muitos usuários atuais do telefone fixo, que ganham até três salários mínimos, terão interesse em migrar para o telefone social, o que será permitido, mediante comprovação de renda.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)