Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/06/2004 10:00

Tecnologia para diminuir prejuízo no transporte

Agência Brasil

A inadequação das embalagens para o transporte de produtos é um dos fatores responsáveis pelos prejuízos do setor. Por isso, o Inmetro e o Instituto Nacional de Transportes (INT) assinam amanhã, no Rio, com a agência de pesquisa japonesa Jica, 24 um acordo que permite a transferência de tecnologia para os países do Mercosul. Isso permitirá adequar as embalagens de produtos industriais para minimizar o índice de perdas durante o transporte.

O Japão tem experiência nos setores de embalagens e transportes, inclusive se valendo de um processo de otimização que determina qual embalagem deve ser utilizada para rotas distintas, no caso de grandes diferenças de estado de conservação destas vias no que tange à vibração e condições ambientais com temperatura e umidade, principalmente no caso de produtos de alta qualidade.

Cada produto deve ter sua embalagem adequadamente projetada e especificada, levando-se em consideração as rotas e os meios de transporte utilizados, fatores que causam danos às mercadorias durante a distribuição e que se mostram hoje cada vez mais complexos e interativos, requerendo processos de medição cada vez mais sofisticados. No Mercosul a disponibilidade, tanto de especialistas como de equipamentos e instrumental de medição neste campo ainda é pequena.

Devido a isto e à falta de material de acondicionamento próprio para o transporte de mercadorias, algumas empresas reforçam as embalagens muito além do necessário ou, o que é pior, reembalam os produtos nos seus destinos. Como consequência, seus custos de distribuição sobem muito, o que lhes tira a competitividade.

Este acordo pode ser o ponto de partida para a redução dos altos custos incidentes sobre o transporte de mercadorias, porque os índices de perdas atingem a cerca de 15% do valor do produto. Este índice de perdas não diz respeito às embalagens danificadas mas aos produtos nelas acondicionados. (Ascom Inmetro)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)