Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/06/2007 19:42

TC:parecer contrário às contas de Cassilândia e Angélica

Luis Junot/TCE

O Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS), em sessão do Pleno realizada nesta quarta-feira (27/06), sob a presidência do conselheiro Cícero Antônio de Souza, analisou 56 processos, dos quais considerou 11 como irregulares. Entre estes, um dos processos refere-se ao Parecer Prévio Contrário à aprovação do Balanço Geral de 2005 da Prefeitura de Cassilândia, na gestão do prefeito José Donizete Ferreira Freitas, por afronta aos comandos normativos da Constituição Federal.

Tendo em vista o Parecer Prévio Contrário à Aprovação do Balanço Geral de 2005, o Pleno também aprovou aplicação de multa de 200 Uferms ao Ordenador de Depesa (José Donizete de Freitas), pelo Descumprimento de Obrigação Constitucional. “Ocorre que os dados comprovam que somente foi aplicado o percentual de 24,14% da receita resultante dos impostos, ficando um déficit de 0,86% do montante mínimo previsto na Constituição. Em números, corresponde a uma parcela de R$ 113.611,99. Ou seja, se a Constituição ordena o repasse de no mínimo 25% para educação, a inobservância deste preceito constitui grave infração, devendo o responsável responder pelo ato ilegal praticado”, diz o conselheiro relator, José Ancelmo dos Santos em seu voto, e aprovado por unanimidade pelo Pleno.

Os conselheiros também aprovaram o Parecer Prévio Contrário à Aprovação das contas do Balanço Geral de 2005 da Prefeitura Municipal de Angélica, que tem como responsável o prefeito João Donizete Cassuci, pelo não encaminhamento de documentos necessários e desequilíbrio entre receita e despesa. Pelo mesmo motivo, as contas da Prefeitura de Vicentina, exercício 2005, na gestão do prefeito Marcos Benedetti Hermenegildo receberam Parecer Prévio Contrário à Aprovação.

Foram consideradas ainda como “Contas Irregulares”, o Balanço Geral de 2005 do Fundo de Investimentos Culturais de MS, e aplicada multa de 100 Uferms ao ex-secretário de Estado de Cultura, Silvio Aparecido Di Nucci, por ato praticado com infração à norma legal de natureza financeira e operacional; o Balanço Geral de 2005 do Fundef de Nova Andradina, na gestão do prefeito Roberto Hashioka Soler, que recebeu multa de 30 Uferms por falta de documentos relativos a despesa indevida; o Balanço Geral do Fundo Municipal de Ação Social de Miranda, exercício 2005 gerido pela prefeita Elizabethe de Paula Pereira Almeida e multa de 100 Uferms; e por último o Fundo Municipal de Saúde de Vicentina, exercício 2005, sendo a responsável a prefeita Vanda Célia Gomes Silva.

Os conselheiros ainda negaram os pedidos de reconsideração feitos pela prefeita de Rochedo, Edileuza de Andrade Lopes Dias; pelo ex-prefeito de Alcinópolis, Ildomar Carneiro Fernandes e pelo ex-secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima. Com isso, as multas aplicadas e valores impugnados nas decisões anteriores foram mantidos. Em alguns dos processos acima, cabe recurso por parte do jurisdicionado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)