Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/02/2008 18:06

TCE/MS encontra irregularidades em contas e impugna

Lidianne Kristel/TCE

Nesta terça-feira (26/02) o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE/MS), durante a Sessão da 2ª Câmara, presidida pelo presidente Conselheiro Paulo Roberto Capiberibe Saldanha, julgou 31 processos dos quais 19 prestações de contas foram consideradas irregulares. A quantia impugnada soma R$ 330.837,96.
Deste montante, R$ 143.502,86 deverão ser devolvidos pelo ex-prefeito municipal de Dourados, Antônio Braz Genelhu Melo (exercício 98). O ex-prefeito deixou de comprovar despesas efetuadas com material escolar, hospitalar, medicamentos, gás e gêneros alimentícios.
Segundo aponta o relatório-voto do Conselheiro Augusto Mauricio C. M. Wanderley, foram gastos R$ 36.529,00 com materiais escolares adquiridos através da empresa Tec Mac – Máquinas e Equipamentos para Escritórios Ltda; R$ 36.099,32 com medicamentos adquiridos através da Drogaria Dois Irmãos Ltda; R$ 31.552,46 com materiais escolares, fornecidos pela Empresa Dias Leite & Cia Ltda; R$ 22.900,55 gastos com materiais hospitalares fornecidos pela empresa Valli Comércio e Representações Ltda-ME; R$ 14.617,40, com gêneros alimentícios adquiridos através da Empresa Boschetti e Trota Ltda e R$ 1.834,14 que foram utilizados para adquirir gás liquefeito da Empresa Magro e Machado Ltda. Além de devolver a quantia aos cofres daquele município, o ex-prefeito terá que pagar multa de 500 Uferms.
Já o prefeito municipal de Bandeirantes, Obadias de Lana, terá que devolver R$ 91.084,83. A quantia refere-se às irregularidades encontradas na Inspeção Ordinária realizada no período de janeiro a dezembro de 2005. Dentre as irregularidades constatadas, Lana deixou de comprovar a realização do serviço solicitado por ele junto à empresa JPM Consultoria Contábil, na quantia de R$ 60.000,00. O prefeito também deixou de realizar duas licitações, uma no valor de R$ 18.000,00 pagos às empresas Inteco Tecnologia de Informática Ltda e Denis da Maia –ME e outra no valor de R$ 1.770,00, que foram gastos no pagamento de hospedagem. O prefeito também não comprovou o recebimento de materiais adquiridos no valor de R$ 10.716,83. Lana ainda terá que devolver R$ 598,00 referentes à multa e juros de tributos que não foram recolhidos e pagar multa de 500 Uferms.
Também o prefeito do município de Bodoquena, Umberto Machado Araripe deverá devolver a quantia de R$ 66.250,27. Foram encontradas divergências nas execuções financeiras dos contratos de números 58/06, 60/06, 62/06 e 64/06, nos quais o prefeito contrata prestadores de serviços para fazerem transporte escolar. Devido às irregularidades encontradas nos contratos, Araripe terá que pagar multa de 200 Uferms.
O ex-prefeito municipal de Dourados, José Laerte Cecílio Tetila (exercício 2002) e o ex-diretor presidente da Empresa de Gestão de Recursos Humanos e Patrimônio do Estado de Mato Grosso do Sul (EGRHP/MS), Marcio Antônio Portocarrero, não comprovaram despesas na quantia de R$ 18.000 e R$ 12.000,00, respectivamente. Ambos deverão devolver os valores com as devidas correções monetárias e ainda pagar multa de 50 Uferms cada um.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)