Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/05/2005 07:55

TCE cria canais para qualificação de jurisdicionados

Luis Junot

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/MS) está disponibilizando canais de comunicação para que os órgãos jurisdicionados possam atender as exigências da Resolução Normativa que instituiu a obrigatoriedade da qualificação dos jurisdicionados e ordenadores de despesas. De acordo com o chefe do Cartório do Tribunal, Delmir Erno Schweich, para facilitar e agilizar o cadastramento, os jurisdicionados podem enviar as informações através do email cartorio@tce.ms.gov.br; do site www.tce.ms.gov.br/jurisdicionados e ainda pelo telefone 317.1517.
O prazo encerra no dia 1° de junho próximo. Aqueles que não cumprirem estarão sujeitos a multas e punições, conforme previsto no regimento interno do TCE. Ele explica que mediante a necessidade da inclusão do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) dos Órgãos Jurisdicionados e da qualificação pessoal dos ordenadores de despesas (Cadastro de Pessoa Física – CPF e endereço residencial) para o melhor funcionamento do sistema de informática; e considerando a necessidade de adequação do Regimento Interno quanto ao conjunto de normas processuais que regem a tramitação no âmbito da Corte de Contas; tais alterações visam a melhor qualidade e agilidade nas informações e serviços prestados aos jurisdicionados.
Cabe ao Serviço de Protocolo a verificação dessa obrigação, no ato da entrega dos documentos no Tribunal, fazendo constar o respectivo número na capa do processo. No caso da ausência dos dados, o Serviço de Protocolo deverá certificar tal ocorrência na capa do referido processo, através de carimbo “Sem Qualificação”.
Para os processos em tramitação no Tribunal, as Inspetorias, quando das análises previstas no Regimento Interno, deverão certificar e anotar a ausência de dados, e informar ao Cartório para a notificação do interessado. No caso dos processos que estiverem conclusos para decisão ou já decididos, a verificação caberá ao Cartório, que deverá fazer constar a exigência de que trata a Resolução no ofício de Intimação da Decisão. O jurisdicionado terá prazo de 15 dias para atendimento da notificação do Cartório.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)