Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/09/2007 08:10

Tamanho do tumor e a detecção precoce do câncer de mama

Agência Notisa

Pesquisa revisou 30 anos de experiência (1972-2002) do Hospital das Clínicas de Porto Alegre na detecção do câncer de mama.



O tamanho do tumor pode representar um parâmetro substituto eficaz para avaliar a detecção precoce do câncer de mama e sua evolução ao longo do tempo. Essa é a conclusão de um estudo realizado por pesquisadores do Hospital das Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e publicado na edição de setembro/outubro do periódico The Breast Journal.



“Em áreas geográficas em que os esforços preventivos coordenados não estão completamente disponíveis, a análise de subgrupos da população de pacientes, utilizando o tamanho do tumor como um substituto, representa uma maneira indireta de observar os efeitos em longo prazo da prevenção”, afirmam Carlos Henrique Menke, do serviço de mastologia do HCPA, e colegas, autores do estudo.



No artigo, os pesquisadores relatam os 30 anos de experiência (1972-2002) na melhora da detecção do câncer de mama na unidade de mastologia do HCPA, ligado à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Eles explicam que foram analisados, retrospectivamente, o comportamento dos parâmetros substitutos da detecção precoce do câncer de mama, (tais como, o diâmetro médio do tumor no diagnóstico, estadiamento clínico), como também o percentual de cirurgias conservadoras da mama ao longo do período.



Ao todo, das 2.103 mulheres identificadas, 1.607 encaixaram-se no critério para inclusão no estudo e tinham informação sobre o “follow-up”, constituindo a coorte do estudo. Os resultados mostram que houve uma diminuição de cerca de 0,8 cm no diâmetro mediano do tumor ao longo dos 30 anos analisados.



“A incidência de tumores em estágio precoce aumentou progressivamente ao longo do tempo, e o percentual de pacientes apresentando-se com câncer de mama estágio I dobrou em 30 anos”, afirmam. Os pesquisadores ressaltam, ainda, que a cirurgia de Halsted, que representava 11,5% das cirurgias nos anos 70, é um procedimento muito raro hoje em dia (


De acordo com o artigo, a mastectomia radical modificada foi o procedimento aplicado em cerca de 50% das mulheres com câncer de mama invasivo durante os 30 anos de observação. “Notavelmente, a cirurgia conservadora da mama aumentou de 17,3% nos anos 70 para 43,2% após o ano 2000, enquanto que a diminuição do tamanho do tumor e do estadiamento clínico foi acompanhada por um número elevado de procedimentos cirúrgicos de conservação da mama”, destacam.



Na opinião dos autores, em áreas geográficas em que os esforços preventivos coordenados não estão completamente disponíveis, a análise de subgrupos da população de pacientes utilizando o tamanho do tumor como um substituto, representa uma maneira indireta de observar os efeitos em longo prazo da prevenção. “O presente estudo mostra que o tamanho do tumor é um substituto também para populações de países desenvolvidos e fornece suporte científico para o desenho de programas de inclusão contínuos de prevenção do câncer de mama neste cenário”, pontuam.



Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)