Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/07/2004 14:56

SUS:Seminário sobre gestão de saúde quer exportar idéia

Benedito Mendonça / ABr

Ao término do Seminário Latino-Americano e Caribenho: Gestão do Trabalho nos Sistemas Nacionais de Saúde, que acontece hoje e amanhã, na sede da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), será editada uma publicação para marcar o início do diálogo efetivo entre os países das Américas do Sul e Central sobre o que já está sendo chamando “exporta SUS”.

“Nós vamos estar exportando a nossa forma de pensar, trabalhar e desenvolver nossas atividades na área da gestão do trabalho dentro do Sistema Único de Saúde, o SUS”, explica a coordenadora do evento, Maria Helena Machado, diretora do Departamento de Gestão do Trabalho e da Regulamentação do Trabalho em Saúde, do Ministério da Saúde.

A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Maria Luiza Jaeger, que representou o ministro da Saúde, Humberto Costa, assinalou que a gestão do trabalho é uma prioridade do governo brasileiro, que tem um ex-metalúrgico na presidência da República, e que a gestão do trabalho na saúde é umas das prioridades do programa de saúde do governo Lula. Essa prioridade se deve, segundo a secretária, ao fato de se ter como um dos principais atores em todos os sistemas de saúde da América Latina os trabalhadores da área de saúde.

Sendo assim, defende a secretária, é preciso que os governos, a exemplo do que o governo brasileiro faz, assumam como prioridade a discussão dessa questão da gestão, da organização e das condições do trabalho e, principalmente, toda uma proposta de ter um conjunto de trabalhadores que tenham plano de carreira e direitos trabalhistas e previdenciários respeitados. “Para isso, foi criado no Ministério da Saúde a secretaria que eu coordeno”, disse.

O objetivo do seminário, no entendimento da secretária, “é discutir quais são as dificuldades e os aprendizados na gestão do trabalho nos sistemas nacionais de saúde da América Latina e do Caribe”. Assim, a expectativa para os dois dias de trabalho, “é de que o seminário sirva para se socializar informações e conhecimentos e para que os governos, cada vez mais, qualifiquem na América Latina e Caribe os seus sistemas de saúde a fim de que sejam atendidas todas as necessidades de saúde da população dessas duas regiões”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)