Cassilândia, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

03/06/2014 11:25

Suspeito de matar pedreiro que andava pelado ainda continua foragido

Campo Grande News

Vanderson Escobar Xavier, de 43 anos, suspeito de matar o pedreiro Hugo Neves Ferreira, 45 anos, após confundi-lo com um estuprador no bairro Aero Rancho, não se apresentou ontem (2) na 5ª Delegacia como estava previsto.

O advogado que o representa, Amilton Ferreira, ainda está verificando uma nova data para seu cliente se entregar a Polícia. O caso é investigado pelo delegado João Reis Belo.

Vanderson estava trabalhando em um fazenda no Pantanal quando ficou sabendo que estava sendo procurado pela Polícia. Ele chegou a prestar depoimento sobre o ocorrido e foi liberado.

O crime aconteceu no dia 14 de maio. Conforme a investigação, na noite daquele dia, a vítima depois de brigar com a espoa, pulou o muro da residência, mas sua bermuda e a cueca enroscaram em um ferro. Ele que já estava sem camiseta, ficou perambulando pela rua totalmente pelado. A mulher de Vanderson quando viu o homem, imaginou que ele era um estuprador e ligou para o suspeito. Vanderson chegou, parou o carro, desceu e começou a agredir a vítima até a morte.

Populares que presenciaram o fato também disseram que dois adolescentes avistaram Hugo andando pela rua pelado, correram atrás dele e lhe deram uma rasteira para contê-lo. Em seguida ligaram para a Polícia. Após esse momento, é que Vanderson chegou e agrediu a vítima. A Polícia já descartou o envolvimento dos adolescentes no crime.

O suspeito teria usado uma barra de ferro para ferir a vítima, que ainda chegou a ser levada para o hospital, mas morreu um dia depois.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)