Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/08/2014 06:50

Suspeito de cometer estupro se suicida em cela da delegacia

Tribuna Livre

O suspeito de estuprar uma jovem na madrugada do último domingo cometeu suicídio na tarde de ontem na Delegacia de Polícia Civil de Paranaíba.

De acordo com a polícia, por volta das 11h, o jovem de 20 anos passou por um exame de corpo de delito e voltou para a cela. Após isso nenhum barulho foi ouvido. Então, por volta das 14h40, quando os policiais foram até a cela, ele estava enforcado com a sua camiseta.

O jovem tinha sido preso após a expedição de um mandado judicial.

O caso

Uma jovem de 23 anos foi agredida e estuprada na madrugada do último domingo, por volta das 4h40, quando deixava um baile de formatura, no Santo Antônio, em Paranaíba.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima, de 23 anos, contou que por volta das 23h40 foi até o salão de eventos do CAP (Clube Atlético Paranaibense), onde ocorreu um baile de formatura. Já no final da festa ela resolveu ir embora sozinha para casa e seguiu caminhando pela rua Theódulo Mendes Malheiros, rente ao muro do CAP. Em determinado momento, percebeu que havia um homem lhe seguindo; ele falava como se estivesse conversando ao telefone, porém a jovem acredita que ele estava apenas simulando uma conversa.

Por desconfiar da atitude do homem e temendo que ele pudesse tentar algo contra ela, a jovem pegou um pedaço de concreto que estava no chão e continuou caminhando. Alguns metros à frente, o homem alcançou a vítima e perguntou se ela queria companhia. Para tentar afastá-lo, ela disse que o seu marido estava esperando um pouco mais adiante.

A mulher continuou caminhando na mesma direção até que foi atacada pelo homem, que aproveitou uma entrada abandonada no CAP, onde existe uma portaria desativada. O homem agarrou a jovem e a jogou contra o muro, onde passou a lhe agredir fisicamente, segurando nos seus cabelos e batendo a cabeça dela no muro.

A jovem alega que para tentar se defender, conseguiu desferir alguns golpes, com a pedra que estava na mão, no rosto do agressor, deixando, provavelmente, algumas marcas aparentes de ferimento no lado esquerdo do rosto. Mesmo assim o homem conseguiu dominar a vítima, que foi obrigada a praticar sexo oral nele. Ele ainda obrigou a jovem a tirar a calcinha, porém não conseguiu consumar a penetração. O agressor, então, tentou levá-la para uma área mais afastada. O homem seguiu agredindo a vítima para que ela o acompanhasse; a jovem concordou em acompanhar, no entanto pediu para ele pegar a calcinha dela, que estava no chão, momento em que ele se distraiu e ela conseguiu escapar, fugindo pela rua e gritando por socorro.

Autor: Jornal Tribuna Livre Online

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)