Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/08/2007 15:07

Supremo define oito réus do caso mensalão

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou nesta sexta-feira (24) abertura de ação penal contra oito acusados no caso mensalão: o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP); os publicitários Marcos Valério, Ramon Hollerbach e Cristiano Paz; e os diretores do Banco Rural Kátia Rabello, José Roberto Salgado, Ayanna Tenório e Vinícius Samarane.

O Supremo rejeitou a denúncia contra o publicitário Rogério Tolentino.

Desde quarta (22), o STF avalia se aceita pedido da Procuradoria-geral da República para abrir processo criminal contra 40 acusados de envolvimento no esquema do mensalão, que supostamente utilizava verba pública para comprar votos de deputados. O tribunal fez um intervalo para almoço por volta de 12h30 desta sexta e volta na parte da tarde a avaliar o inquérito.

João Paulo Cunha será processado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato (apropriação indevida de dinheiro ou bens públicos por funcionário público para proveito próprio ou de terceiros). Marcos Valério e os outros dois publicitários por corrupção ativa e peculato.

Os quatro diretores do Banco Rural serão processados pelo crime de gestão fraudulenta de instituição financeira.

O relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, recomendou a abertura das ações penais por corrupção e peculato ao deputado petista e aos publicitários, e o plenário recebeu por unanimidade. No caso da denúncia por lavagem de dinheiro contra João Paulo Cunha, três ministros rejeitaram, mas a abertura do processo foi aprovada por maioria.




G1

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)